terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Negociante de armas tentou enviar peças de jato para o Irã

Remessa contendo partes de um F-4 Phantom foi confiscada na Grécia em rota para o Irã.

Contrabandistas de armas israelenses tentaram enviar peças de um F-4 para o Irã, em violação ao embargo de armas. Os traficantes de armas tentaram enviar as peças via Grécia. A transação ilegal foi realizado em duas fases, em dezembro de 2012 e abril de 2013.

O envio de peças de reposição se originou em Binyamina, ao sul de Haifa, e foi enviado para uma empresa grega, perto de Atenas, registrada sob o nome de Tassos Karras SA. Autoridades gregas determinaram que a empresa era de fachada, uma empresa fantasma.

Autoridades gregas confiscaram o carregamento antes de ser enviado para o Irã, que tem uma grande frota de aeronaves F-4 Phantom.

Em novembro de 2013, um tribunal de Atenas decidiu que as peças confiscadas deverão ser entregue às autoridades norte-americanas. O relatório grego não revelou a identidade da empresa israelense ou indivíduos que enviaram a mercadoria.

FONTE: The Jerusalém Post – Tradução: CAVOK

Nenhum comentário :

Postar um comentário