quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Capacetes Brancos Planejam novo Ataque Químico, Rússia Entrega 5 Toneladas De Comida Para A Síria

Os militares russos distribuíram mais de 5 toneladas de pão entre os sírios que deixaram a província de Idlib, controlada por militantes jihadistas, informou o Centro Russo de Reconciliação na Síria na quarta-feira.
O lado escuro dos Capacetes Brancos
A província de Idlib é uma fortaleza de jihadistas no país. A Rússia opera o corredor humanitário Abu al-Duhur, que permite que os moradores deixem a província até que os terroristas sejam eliminados.

Os deslocados também recebem outros alimentos e roupas, disse o centro russo, acrescentando que todas as pessoas que deixam a província devem passar por um check-up no hospital de campanha e receber o tratamento necessário.
A Rússia, ao lado do Irã e da Turquia, é um dos principais defensores do regime de cessar-fogo na Síria. Moscou também ajudou Damasco, apoiando a luta contra grupos terroristas e fornecendo ajuda humanitária aos moradores do país devastado pela guerra. No entanto, a Turquia desempenhou um papel nebuloso e vacilante.
Enquanto isso, representantes do grupo capacetes brancos filiados à Al-Qaeda entregaram uma grande remessa de substâncias tóxicas para um depósito usado por militantes na província de Idlib. O general Aleksei Tsygankov, chefe do Centro Russo de Reconciliação Síria, disse.
“De acordo com informações recebidas pelo Centro Russo de Reconciliação Síria de fontes independentes localizadas na província de Idlib, um grande carregamento de substâncias tóxicas, acompanhado por oito representantes dos Capacetes Brancos, foi entregue na aldeia de Afs, no assentamento de Saraqib, em um armazém usado por militantes terroristas da Ahrar al-Sham para armazenar armas e suprimentos de combustível ”, disse ele.
"Eles foram recebidos por dois comandantes do grupo armado ilegal acima mencionado", acrescentou Tsygankov.
Segundo ele, “parte desse carregamento não identificado de caixas de plástico foi então transportado para outra base jihadista na parte sul da província de Idlib, a fim de encenar um ataque químico de bandeira falsa e depois acusar as forças do governo de usar agentes tóxicos contra civis”.
O porta-voz do Ministério da Defesa da Rússia, general Igor Konashenkov, disse no domingo que o grupo Capacetes Brancos na Síria planeja filmar vídeos para a mídia no Oriente Médio e na Grã-Bretanha depois de realizar um ataque com armas químicas para desestabilizar a situação no país árabe.

Nenhum comentário :

Postar um comentário