sábado, 29 de setembro de 2018

Presidente sérvio coloca exército em prontidão máxima de combate

O presidente sérvio, Aleksandar Vucic, ordenou neste sábado (29) a colocação do exército em estado de prontidão máxima de combate em resposta às ações das forças especiais da autoproclamada República de Kosovo, informou a agência Tanjug, citando a administração do presidente.
Soldado sérvio está inspeciona um tanque de combate M-84, em Belgrado, em 18 de junho, 2011


"A ordem foi entregue ao chefe do Estado-Maior do Exército da Sérvia", relata a agência.


De acordo com a agência, cerca de 60 militares das forças especiais de Kosovo tomaram posições perto do lago artificial da usina hidrelétrica sérvia de Gazivoda, na fronteira com Kosovo e controlada pela Sérvia. As forças de Kosovo também entraram no Centro de Ecologia e Desenvolvimento do Esporte na área do lago.
A Guerra do Kosovo entre o Exército de Libertação do Kosovo (KLA) etnicamente albanês e as forças da Iugoslávia, consistindo da Sérvia e Montenegro em 1998-1999, terminou após a intervenção internacional apoiada pela ONU depois do bombardeio da OTAN às tropas da Iugoslávia.
Em 2008, grupos albaneses kosovares em Pristina proclamaram unilateralmente a independência da Sérvia, e mais de 100 estados membros da ONU reconheceram oficialmente o Kosovo. No entanto, a Sérvia, ao lado da Rússia, China, Israel e vários outros países não reconhece a independência do Kosovo.

Nenhum comentário :

Postar um comentário