quinta-feira, 25 de outubro de 2018

França revela o modelo do seu caça da nova geração

A bem conhecida empresa francesa Dassault usou a exposição Euronaval 2018 deste ano para exibir um modelo do New Generation Fighter (NGF) que substituirá a atual geração de aviões Rafales da Dassault e da alemã Eurofighter Typhoons por volta de 2035-2040.
França revela modelo do caça da nova geração


A aeronave de última geração da Dassault não tem barbatana caudal/pequena torre na cauda e sim um design de asa em forma de W e incorpora tecnologias stealth altamente avançadas e integração com sistemas de informação. A nova aeronave terá um trem de pouso tipo triciclo para a decolagem e aterrissagem na pista.

O veículo aéreo é esperado para se adaptar às ameaças aéreas contemporâneas e explorar o potencial da inteligência artificial.

É provável que o novo projeto de caça esteja se desenvolvendo como parte do Futuro Sistema de Combate Aéreo da Europa (FCAS) e eventualmente substitua a atual geração de caças Eurofighter e Rafale por volta de 2035-2040.

De acordo com um comunicado à imprensa divulgado em abril de 2018, a Alemanha e a França concordaram com os requisitos centrais para um novo caça de combate para substituir os aviões de combate Eurofighter Typhoon e Rafale, a partir de 2040.

O CEO da Dassault Aviation, Eric Trappier, disse que a Airbus e a Dassault decidiram se unir para garantir que a Europa mantenha o controle sobre seus futuros sistemas de armas.

A Airbus e a Dassault disseram que era importante para a França e a Alemanha lançarem um estudo conjunto inicial este ano para que pudessem obter demonstrações da tecnologia feita para 2025.

Trappier disse que o caça não seria uma cópia do caça F-35 dos EUA, mas seria mais ambicioso.
Resultado de imagem para Dassault  Next Generation Fighter
Resultado de imagem para Dassault  Next Generation Fighter
Resultado de imagem para Dassault  Next Generation Fighter
Resultado de imagem para Dassault  Next Generation Fighter
Resultado de imagem para Dassault  Next Generation Fighter

defence-blog

Nenhum comentário :

Postar um comentário