terça-feira, 26 de fevereiro de 2019

Gasoduto Power of Siberia está quase pronto

A Gazprom informou sobre o ritmo de construção do gasoduto Power of Siberia. Já se construiu 99% da linha, no futuro próximo a construção será concluída.

Lembre-se de que o Poder da Sibéria(Power of Siberia) é um dos três maiores projetos da Gazprom atualmente, juntamente com o Nord Stream 2 e o Turkish Stream. O gasoduto "combustível azul" vai correr para a China - a China hoje é um dos mercados mais promissores para a venda da energia russa. 


O acordo sobre o fornecimento de gás russo para a China pela rota leste foi assinado em maio de 2014. Do lado russo, foi assinado por representantes da Gazprom, do lado chinês - pela CNPC. De acordo com o contrato concluído por trinta anos, a Rússia deve fornecer anualmente 38 bilhões de metros cúbicos de gás à China.

Somente em 2019, a Gazprom Corporation planeja alocar 147,5 bilhões de rublos para a implementação do projeto Power of Siberia. Mas, por outro lado, o chefe da Gazprom, Alexey Miller, promete que o fornecimento de gás para a China começará em 1º de dezembro de 2019


Se tudo se desenvolver com sucesso, então, até 2035, a participação do gás russo no mercado chinês poderá ser superior a 25%.Observe, no mercado europeu, a Gazprom também reforça a sua presença - no ano, ela conseguiu aumentar a participação do gás russo nos países da UE de 34,2% para 36,7%. E a corporação tem todos os motivos para acreditar que, no futuro previsível, a taxa de compras de gás russo pelos países europeus e asiáticos só aumentará. 

A construção do Poder da Sibéria/Power of Siberia foi um dos maiores eventos não só para o setor de gás russo, mas também para a economia em geral. O desenvolvimento dos laços econômicos com a China é de grande interesse para a Rússia, especialmente contra o pano de fundo das relações deterioradas com os países ocidentais.

topcor

Nenhum comentário :

Postar um comentário