domingo, 24 de fevereiro de 2019

Mídia escreve sobre a possível transferência de Washington do F-35 "turco" para Israel

Sairão Informações confirmadas sobre a extensão da proibição do fornecimento a Turquia dos aviões de combate F-35 dos EUA. O embargo, que foi estendido pelo presidente dos EUA, Donald Trump, está ligado à decisão de Ancara de adquirir sistemas de mísseis antiaéreos S-400 da Rússia. 
Mídia escreve sobre a possível transferência de Washington "turco" F-35 Israel
Como você sabe, dois F-35 já foram transferidos para os turcos, mas o governo dos EUA proibiu a "exportação" dos caças para a própria Turquia. Assim, o programa de treinamento para pilotos turcos estava parado, e eles deveriam estar envolvidos na transferência de um F-35 para uma das bases aéreas turcas.


Neste contexto, chama-se a atenção para a publicação na edição israelense Nziv, que apresenta reflexões sobre os futuros contatos dos Estados Unidos e da Turquia no fornecimento dos últimos caças americanos. 

Do material:
A deterioração das relações entre Ancara e Washington levará ao término final dos contratos entre a Lockheed Martin e o lado turco, incluindo contratos para a produção de componentes individuais para o F-35 por empresas turcas.

Empresas turcas já entraram no programa para criar componentes para o caça americano. Este programa é implementado em cooperação com a Lockheed Martin. Se o atrito entre os americanos e os turcos continua a agravar-se, então surge a pergunta: quem receberá os produtos já fabricados, dado o fato de que algumas tecnologias foram transferidas para a Turquia no âmbito do referido programa conjunto? 

A edição israelense escreve que a Lockheed Martin está pensando em comprar o F-35 da Turquia. Então os aviões comprados de Ancara serão supostamente vendidos a Israel "à luz da crescente ameaça iraniana na Síria e no Líbano". Assim, o "turco" F-35 dos Estados Unidos vai se transformar em "israelense" - em termos de afiliação.

Ao mesmo tempo, não há dados sobre como os Estados Unidos planejam resolver o problema de tecnologias para fabricação de componentes para o F-35 transferidos para empresas turcas.

Nenhum comentário :

Postar um comentário