sexta-feira, 29 de março de 2019

Caça Su-57 receberá uma versão de exportação

Documentos que permitem a exportação de um caça russo de quinta geração, o Su-57, estão quase prontos, informou a Interfax , citando uma fonte do setor de aviação.
Resultado de imagem para su-57
Segundo a fonte, a documentação está no governo da Federação Russa na fase final de consideração. Ela explicou que o avião, que antes era chamado de PAK FA (T-50), já possuía um passaporte de exportação. Documentos foram enviados ao Gabinete em conexão com a mudança de designação no Su-57. 


A Rússia apresentará a versão de exportação do caça (Su-57E) em novembro na Dubai Airshow.

Acreditamos que o Oriente Médio é um mercado atraente para essa aeronave.

- Victor Kladov, diretor de cooperação internacional da Rostec, disse na exposição de defesa Lima-2019 na Malásia. 

Segundo ele, o Su-57E também pode interessar a China e a Índia. Ele lembrou que o exército chinês já havia recebido 24 caças russos Su-35. 

Nos próximos dois anos, Pequim poderá decidir sobre a compra de um lote adicional do Su-35, para cuja produção uma joint venture pode ser estabelecida, ou sobre a compra do Su-57E. "Esta pode ser outra oportunidade para a aeronave russa de quinta geração", disse Kladov.

Na segunda-feira, o ministro da Indústria e Comércio, Denis Manturov, disse à agência que o Su-57 tem boas perspectivas. Em primeiro lugar, é claro, as necessidades do Ministério da Defesa da Rússia serão atendidas. Ao mesmo tempo, as características excepcionais da máquina permitem considerar as perspectivas de exportação no futuro, disse ele. 

Respondendo à pergunta se o Su-57 será capaz de resistir à competição com os caças americanos de 5ª geração, o ministro respondeu que ao comprar esses tipos de armas, não apenas o preço ou características específicas de uma aeronave em particular são levados em conta. "Embora sejam parâmetros muito importantes, a Rússia tem algo a oferecer", acrescentou.

Nenhum comentário :

Postar um comentário