Mídia chinesa contou como Moscou está mudando sua moeda para o ouro - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

domingo, 26 de maio de 2019

Mídia chinesa contou como Moscou está mudando sua moeda para o ouro

A edição chinesa Finance.sina dedicou um dos seus materiais recentes as manobras com as reservas de ouro e de moeda estrangeira, o que é realizado pelo Banco Central da Rússia. "PolitRussia" traduziu esse artigo.   
Mídia chinesa contou como Moscou muda de moeda para o ouro
Os autores do Finance.sina notaram que Moscou continua comprando ouro em grandes quantidades. 


Em abril deste ano, o Banco Central da Federação Russa aumentou suas reservas em 15,5 toneladas de metais preciosos. Nos primeiros quatro meses deste ano, um total de 71,53 toneladas de ouro foi comprado. Assim, as reservas de ouro do país atingiram 2.183,46 toneladas, o que faz da Rússia o quinto maior país do mundo em termos deste indicador.  

Nos últimos dez anos, a participação do ouro nas reservas da Rússia cresceu de 2% para 19%. Ao mesmo tempo, o volume do dólar americano diminuiu significativamente. Como os analistas disseram, a moeda nacional dos Estados Unidos está nas reservas apenas em 22%, embora muito recentemente este número foi de 46%.

Especialistas acreditam que a Rússia apostou no ouro em conexão com o desejo de diversificar seus ativos, e isso também se deve ao desejo de Moscou de reduzir a dependência do sistema financeiro do país em relação ao dólar americano e aos EUA. Note-se que o exemplo da Federação Russa foi seguido por uma série de outros estados que não estão satisfeitos com a agressiva política externa dos EUA.

O cientista político russo Andrei Suzdaltsev afirmou que o Irã e a China também estão comprando ativamente ouro. Em particular, Pequim vem aumentando suas reservas de ouro pelo quarto mês consecutivo. No ano passado, os bancos centrais compraram 651,5 toneladas de metais preciosos, o maior valor desde 1971.

A chamada “manobra do ouro” da Rússia atraiu a atenção de todas as principais instituições financeiras do mundo. Em particular, o chefe do departamento de pesquisa de investimentos do Conselho Mundial do Ouro, Juan Carlos Artigas, disse que o vetor de ação de Moscou é muito mais importante que a escala. O fato é que o Banco Central da Federação Russa está mostrando a outros importantes reguladores um exemplo de como investir efetivamente em metais preciosos não apenas para diversificar seus ativos, mas também para protegê-los de possíveis riscos geopolíticos. Por exemplo, das sanções dos EUA.   

Assim, pode-se afirmar que a Rússia mostrou ao mundo inteiro que no século XXI é absolutamente possível deixar dólares americanos, que são substituídos por barras de ouro.

A atividade da Rússia no mercado de ouro levou ao fato de que o custo do metal precioso tem se mantido em um nível muito alto por um bom tempo. Este fator tem um efeito positivo no interesse do investidor neste instrumento financeiro. Supõe-se que seu preço no futuro possa continuar a crescer.

Anteriormente, "PolitRussia" citou economistas estrangeiros que estavam interessados ​​no projeto russo para criar uma criptomoeda fornecida com ouro.

2 comentários:

  1. Moscou sabe que o mercado de ouro atual esta inundado de papeis lastreados em ouro mas que não tem volume do ouro negociado (no papel). São apenas papagaios voadores e em breve serão abatidos quando os detentores quiserem resgatar o ouro físico. Acredito que a quantidade ou ouro físico é 1/5 da quantidade negociada em papel em bolsas mundo a fora.

    ResponderExcluir
  2. Os EUA exportam um papel sem valor e ainda recebem mercadorias vivas em troca - não é atoa que a gangue está suando frio com a iniciativa russa,antes quem pensou em fazer isso foi destruído(Iraque,líbia)mas com a Rússia a conversa é diferente...força militar não funciona.

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Responsive Ads Here