5º aniversário do bombardeio de Lugansk[Vídeos+18] - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

segunda-feira, 3 de junho de 2019

5º aniversário do bombardeio de Lugansk[Vídeos+18]

Traduzido por Ollie Richardson e Angelina Siard 

politnavigator

thesaker

As autoridades ucranianas e a mídia ignoraram o 5º aniversário dos trágicos acontecimentos em Lugansk, quando um avião de guerra da UAF realizou um ataque aéreo contra a construção da administração regional do estado de Lugansk com a finalidade de liquidar a liderança da LPR, como resultado as pessoas sofreram.
MacBook de Ollie: Usuários: O-RICH: Downloads: Bs6r3xMCMAAfuoF.jpg
Um sukhoi ucraniano, tendo feito vários voltas sobre o centro de Lugansk, se posicionou em uma posição e em algum lugar sobre aquele lugar onde agora há um monumento com a inscrição 02.06.14 na Rua Oboronnaya, lançou uma série de mísseis na praça central. 



Cortou uma clareira no matagal do parque e lançou um míssil no prédio da administração. Oito pessoas permaneceram em poças de sangue na calçada e no limiar da administração ... Por que foi necessário fazer um ataque aéreo no centro de uma cidade pacífica? Quem teve o cinismo suficiente para dar a ordem de lançar mísseis em uma praça onde crianças, mães e idosos andavam? Quem não hesitou em apertar o gatilho e disparar munições contra alvos vivos desarmados? Eu tenho respostas para essas perguntas declarou o assessor do chefe da LPR Rodion Miroshnik.

O ex-deputado da Verkhovna Rada Aleksey Zhuravko observou que, como no caso do quinto aniversário da tragédia em Odessa, o novo presidente Vladimir Zelensky prefere não comentar os eventos de Lugansk. Os canais de TV ucranianos, que há vários dias transmitiram nas telas um memorial para Symon Petliura, preferiram ficar em silêncio sobre a data de hoje.

“O cinismo da situação consiste no fato de que Kiev diz mentiras, tendo dito que nenhum bombardeio aconteceu e que era apenas uma explosão comum de ar-condicionado. E vários dias depois uma gravação de negociações de rádio do piloto que executou esta ordem criminal emergiu.

Como, depois disso, referir-se àquele que deu essa ordem criminal e aquele que a executou? Terroristas, bandidos que cometeram um crime de guerra - sim, mas não as Forças Armadas da Ucrânia. Depois do que foi feito, essas pessoas perderam o direito de se chamarem de defensoras da pátria e seus crimes não têm limite de prescrição. Este crime nunca será esquecido! ” Comentou Zhuravko.
MacBook de Ollie: Usuários: O-RICH: Downloads: 149647317316dbsovboumaq0fp0.jpeg
MacBook de Ollie: Usuários: O-RICH: Downloads: 964192.jpg
MacBook de Ollie: Usuários: O-RICH: Downloads: 61865189_2201161193294918_7386586782608916480_n.jpg

Um comentário:

Post Top Ad

Responsive Ads Here