A Letônia reconheceu o fato inconveniente das contra-medidas da Federação Russa. - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sábado, 15 de junho de 2019

A Letônia reconheceu o fato inconveniente das contra-medidas da Federação Russa.

O representante da Letônia apontou para os resultados positivos da substituição de importações na Rússia.
A Letônia reconheceu o fato inconveniente das contramedidas da Federação Russa
Idéias tradicionais sobre o potencial econômico da Letônia provocaram um representante desse país báltico em um ataque de franqueza sobre o grau de desenvolvimento da Rússia. Assim, de acordo com o portal de informação BB.lv, o embaixador da Letônia na Federação Russa, Maris Riekstins, em entrevista à imprensa, foi forçado a reconhecer o fim da liderança das espadilhas do seu estado no mercado russo.


Lamentavelmente observando que a maioria dos usuários em redes sociais indicam que não há nada além de espadilha e bálsamo na Letônia, o diplomata estrangeiro divulgou a forte concorrência russa de fabricantes russos de espadilha. Assim, Riekstins, dizendo que além da espadilha, a Letônia também exporta chocolate, medicamentos, álcool, alimentos para bebês, produtos químicos e têxteis, reconheceu o fato inconveniente da alta eficácia das contra-medidas russas, que resultou na substituição de importações de espadilhas estrangeiras.

"O embaixador também acrescentou que notou que as espadilhas de produção de Ryazan nas prateleiras de Moscou", observa a fonte, e explicou: "Segundo ele, esse é um exemplo óbvio de uma medida para proteger o mercado interno relacionado à proibição da importação de espadilhas letãs".

Como resultado, usando o exemplo desse representante da Letônia, pode-se observar como neste país eles agora são forçados a admitir que é inconveniente para eles que, como resultado do desenvolvimento da substituição de importações, até mesmo fabricantes da parte central da Rússia que estão longe dos mares estejam prontos para competir com os bálticos.

Mais cedo, o negócio de peixe russo começou a tomar medidas decisivas para combater ativamente os concorrentes no Báltico.

newinform

Um comentário:

  1. Entendo que a concorrencia sejaboa para o consumidor que irá comprar um peixe num preço mais acessível. Free Fire

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Responsive Ads Here