Chanceler do Irã afirma que outro drone dos EUA invadiu espaço aéreo do país (Foto) - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

segunda-feira, 24 de junho de 2019

Chanceler do Irã afirma que outro drone dos EUA invadiu espaço aéreo do país (Foto)

Na quinta-feira, 20 de junho, o Corpo de Guardiões da Revolução Islâmica (IRGC) declarou ter derrubado um dos maiores drones estadunidenses, um RQ-4 Global Hawk, que teria invadido o espaço aéreo iraniano na província de Hormozgan.
Drone norte-americano MQ-9 Reaper


Javad Zarif, ministro iraniano das Relações Exteriores, publicou um mapa detalhado no seu Twitter que, segundo ele, mostra outro drone de reconhecimento dos EUA invadindo o espaço aéreo iraniano em 26 de maio.

Ele também deu a entender no seu tweet que o Irã possui informações sobre a elaboração de esquemas para culpar a República Islâmica do Irã pelos ataques a petroleiros.




Mais evidências – incluindo a invasão de um drone de espionagem MQ9 em 26.05, a compra de lanchas rápidas e chamadas telefônicas para atribuir os ataques ao Irã – tudo isso indica que a Equipe B estava apenas a instantes de pegar Donald Trump em uma armadilha de guerra. A prudência evitou que isso acontecesse, mas o terrorismo econômico provoca tensão.

O mapa mostra como o drone MQ9 Reaper dos EUA entra no espaço aéreo iraniano na costa da cidade de Asaluyeh, na província de Bushehr.

O veículo não tripulado teria recebido no total três avisos sobre a violação da fronteira do país. Depois de ter saído do espaço aéreo iraniano, o drone ainda circulou por algum tempo perto da fronteira do país, segundo indica o mapa.

O ministro das Relações Exteriores atribuiu as ações descritas no seu tweet à "equipe B", o grupo de "falcões" da Administração Trump que, segundo Teerã, está tentando arrastar os EUA para a guerra contra o Irã.

O Pentágono ainda não fez qualquer comentário acerca das revelações do ministro iraniano.

sputniknews

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here