Congresso: dívida pública dos EUA está crescendo sem fim à vista, batendo recordes históricos - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 27 de junho de 2019

Congresso: dívida pública dos EUA está crescendo sem fim à vista, batendo recordes históricos

O Escritório de Orçamento do Congresso dos EUA (CBO) prevê que a dívida federal dos EUA continuará subindo drasticamente nos próximos 30 anos , devendo alcançar 144% do PIB em 2049.
Pessoas passam por um pôster mostrando o dólar americano fora de uma casa de câmbio
De acordo com os especialistas do CBO, a dívida pública dos EUA aumentará de 78% do PIB previstos no fim de 2019 (o maior índice desde a Segunda Guerra Mundial) para 92% em 2029 e 144% em 2049.
"O nível de endividamento seria o mais alto na história e teria a tendência de crescer ainda mais", informou o CBO, citado pelo canal CNN.
A dívida pública do país já ultrapassou 22 trilhões de dólares (R$ 85 trilhões). Prevê-se que o endividamento continue crescendo em um trilhão de dólares anualmente ao longo da próxima década devido ao pagamento das aposentadorias e às despesas com cuidados médicos dos aposentados da geração "baby boomer".

Desafio para as autoridades financeiras

O diretor do CBO, Phillip Swagel, declarou que "a perspectiva de um déficit tão grande durante muitos anos e a crescente e alta dívida que resultaria disso representa riscos substanciais para a nação e desafios significativos para os decisores políticos".
Para pôr estes números em perspectiva, na véspera da crise de 2008, a dívida pública dos EUA era de 35% do PIB, menos de metade do que atualmente.

Aviso para os legisladores

O financista Michael Peterson, por sua vez, sublinhou que "as previsões de longo prazo do CBO mostram que o déficit continuará crescendo no futuro, sem fim à vista".
"Essas projeções claras devem incentivar nossos legisladores a começar a gerenciar a dívida imediatamente e a orçar de forma responsável para ajudar os Estados Unidos a enfrentar seus desafios mais urgentes”, acrescentou ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here