Pequim reforça bases no mar do Sul da China com novos caças J-10 - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

domingo, 23 de junho de 2019

Pequim reforça bases no mar do Sul da China com novos caças J-10

O Exército Popular de Libertação da China (PLA) teria deslocado novos caças J-10 ("Pássaros de Fogo") para um aeródromo nas disputadas ilhas Paracel.
Caça chinês J-10
Anteriormente, a China já tinha enviado para a região diversas aeronaves, incluindo aviões JH-7 e caças de superioridade aérea J-11B, junto com sistemas terrestres de defesa antiaérea e antimíssil.

Os sistemas de mísseis implantados no início de 2018 incluíam os mísseis HQ-9B terra-ar, uma plataforma com alcance aproximado de 250 quilômetros, além de capacidades hipersônicas. Para além disso, em maio de 2018, os chineses também instalaram na zona mísseis de cruzeiro antinavio YJ-12, com um formidável alcance de 400 quilômetros e velocidade Mach 4, bem como bombardeiros pesados de longo alcance H-6K.
Caças J-10 da Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China no show aéreo em Zhuhai, China, 2014 (foto de arquivo)
Caças J-10 da Força Aérea do Exército de Libertação Popular da China no show aéreo em Zhuhai, China, 2014 (foto de arquivo)
A região é considerada a linha de frente de qualquer potencial conflito com os EUA ou o bloco ocidental, que têm aumentado a sua presença militar na região desde 2010, conforme a mídia Military Watch.
O J-10 foi desenvolvido como um caça veloz e de baixo custo, utilizando o mesmo motor turbofan WS-10 que o caça J-11.
Atualmente, o PLA conta com 15 batalhões de caças J-10.
Ainda não está claro qual o modelo do J-10 que foi destacado para a região, mas se for um J-10C, tal proporcionaria uma série de novas capacidades para o contingente aéreo local.
Esta representaria também a primeira implantação de caças de nova geração nas bases do mar do Sul da China , tornando seus sistemas defensivos mais eficazes.
O J-10C entrou em serviço em abril de 2018 e conta com sistemas de guerra eletrônica e aviônica de última geração, além de novas munições de longo alcance, como o míssil ar-ar PL-15 e novos dispositivos, como o radar AESA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here