terça-feira, 9 de julho de 2019

A economia da Geórgia vai entrar em colapso se o fornecimento à Rússia for proibido, disse Onishchenko

LUXEMBURGO, 8 de julho - RIA Novosti. A vinicultura georgiana e a economia da Geórgia entrarão em colapso no caso de uma proibição de suprimentos para a Rússia, disse o vice-chefe da Duma da Federação Russa, doutor em ciências médicas Gennady Onishchenko, enfatizando que apóia essa medida.
Gennady Onishchenko
Anteriormente, Sergei Neverov, chefe da facção do PE na Duma do Estado, disse que na segunda-feira o Conselho da Duma do Estado levantaria a questão de interromper o fornecimento de vinho e água da Geórgia para a Rússia.


"Então, a produção georgiana definitivamente entrará em colapso. Porque se impormos sanções, o povo georgiano terá que pedir para os seus políticos que trabalhem para Washington ou seu povo", disse Onishchenko a repórteres.

"Se a proibirmos agora, a economia da Geórgia entrará em colapso e nenhum país os ajudará. Como você pode agir contra o seu povo dessa maneira?" - sublinhou o parlamentar.

Ele também observou que apoia a proibição da importação de vinho e água da Geórgia, não como médico, mas como político. Ao mesmo tempo, ele explicou que o procedimento de proibição em si é "muito simples". "Uma equipe é levada. A alfândega não permite. Há apenas dois pontos. Não é uma questão, está proibido, é tudo", disse ele.

Além disso, ele disse, não há rotas de desvio para as entregas de produtos. "Eles vão passar o que? vão Voar pela Europa? Costumava haver uma estrada através de Tbilisi e Abkhazia. E agora toda a Armênia está transportando sua carga através dela. Para a Armênia, o Azerbaijão está fechado", acrescentou Onishchenko.

Ria

Nenhum comentário :

Postar um comentário