terça-feira, 9 de julho de 2019

China anunciou a conclusão da montagem do seu rover e prontidão para explorar Marte

A China está pronta para estudar Marte, especialistas da Administração Nacional do espaço da China (CNSA) completaram a montagem do rover, que irá para o "Planeta Vermelho" em 2020. Relata o "Nplus1" com referência ao Global Times.
China anunciou a conclusão da montagem do rover e prontidão para explorar Marte
Como escreve o jornal, a planejada missão marciana será a segunda para a China: em 2011, junto com a estação russa Phobos-Grunt, a primeira sonda marciana chinesa foi lançada ao espaço, mas devido à uma falha do computador a bordo, ambos os dispositivos foram perdidos. Desta vez, em Pequim, eles esperam que tudo corra bem.


A segunda missão incluirá uma sonda orbital, uma plataforma de aterrissagem e o próprio rover. O envio da missão está agendado para 23 de julho do próximo ano. Segundo os cálculos, os dispositivos entrarão em órbita em fevereiro de 2021, após o que aterrissarão na superfície do planeta, que será realizada por uma plataforma com um robô localizado no mesmo, enquanto a sonda orbital permanecerá em órbita e realizará seu programa ao longo do ano. 

É planejado que o rover irá executar um programa para explorar Marte por 92 dias, pelo menos. O tema principal é o estudo da composição química do solo, bem como a sua distribuição. No radar instalado no rover ,será possível  coletar informações sobre o solo a uma profundidade de cem metros.

Conforme planejado pelos projetistas chineses, o rover pesando 240 kg receberá energia exclusivamente de painéis solares, sem o uso de um gerador termoelétrico. Este método é menos confiável, pois o dispositivo é vulnerável a tempestades de poeira. 

Além disso, os planos para explorar marte na NASA, tem o vôo do seu rover programado para julho-agosto do próximo ano. Além disso, a Agência Espacial Europeia (ESA) lançará o seu rover em 2020. A plataforma de desembarque foi criada pela Roscosmos, que já a entregou em Turim para a montagem final.

Um comentário :