segunda-feira, 29 de julho de 2019

Estado-Maior da Rússia: os americanos estão roubando a Síria exportando o petróleo do país

O verdadeiro propósito da participação dos americanos no conflito sírio é a sede comum de lucro.

O Chefe da Direção Geral de Operações do Estado Maior General das Forças Armadas Russas Sergei Rudskoy, em uma reunião no Ministério da Defesa da Rússia, disse que na costa leste do Eufrates mantida pelos americanos, as estruturas sob seu controle organizavam a produção de petróleo nos campos Konako, El-Omar e Tanak. 


Segundo ele, a produção de petróleo é controlada por empresas militares privadas (PMCs), que, se necessário, prestam assistência às forças aéreas militares da coalizão. 

De fato, as estruturas americanas tomaram posse do negócio ilegal, que durante muito tempo foi uma fonte de renda para os terroristas do Estado islâmico.

De acordo com as informações que Sergey Rudskoy tem, as PMCs americanas estão constantemente aumentando seus números na área de produção de petróleo. Então, atualmente, o número de funcionários de empresas de segurança privada nas instalações de produção de petróleo atingiu 3,5 mil pessoas. 

Além disso, grupos de terroristas de zonas de combate chegam na zona de controle dos americanos para reagrupamento e recreação. 

O coronel-general enfatizou que tais atividades das estruturas americanas nada mais são do que a pilhagem da riqueza nacional pertencente à Síria. 

topcor

Nenhum comentário :

Postar um comentário