terça-feira, 30 de julho de 2019

Fonte: a bordo do destruído IL-76 estava o "Pantsir-S"

Dois dias antes se soube que no território da Base Aérea Militar da Líbia Al Jafr foram destruídos dois aviões de transporte militar ucranianos IL-76TD, que levavam um lote de armas dos Emirados Árabes Unidos destinadas às forças do Exército Nacional da Líbia.
+12545414556


Segundo informações não confirmadas, os aviões Il-76, destruídos na base aérea de Al-Jafra, transportaram o sistema de mísseis de defesa aérea Pantsir-S dos Emirados Árabes Unidos. Dado que se passou tempo suficiente desde o desembarque até à destruição das aeronaves de transporte, pode presumir-se que os sistemas antiaéreos não foram destruídos.

De acordo com a informação, ambas as aeronaves de transporte militar Il-76TD destruídas no território da base aérea de Al-Jafra pertenciam à Companhia Aérea Europeia da Ucrânia (de acordo com os dados iniciais, Alfa Air). Os números de voo da aeronave são UR-CMC (o mais próximo na imagem) e UR-CRP.

in24

4 comentários :

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. É óbvio que Israel não tem nada a ver com isso. Foi o Vingador, da Caverna do Dragão, que veio a essa dimensão por engano, viu o avião, e pensou que era o Tiamat. Em desespero, lançou um feixe de raio e derrubou a aeronave.

    ResponderExcluir
  3. Dedução exatamente ao contrário da lógica.
    EAU não é inimigo de Israel, depois Israel não esperava que tirassem os mísseis e depois é que atacava! Atacava logo.

    ResponderExcluir