quinta-feira, 25 de julho de 2019

"Não haverá país": uma declaração sobre a liquidação da Ucrânia

O líder da LDPR, Vladimir Zhirinovsky, expressou o cenário assustador do futuro próximo. Segundo o político, o mundo está esperando por uma grande guerra no Oriente Médio, e um país como a Ucrânia não resistirá de jeito nenhum.

"Você pode esperar um ano, dois, três ... Mas nada mudará fundamentalmente", disse Vladimir Zhirinovsky no canal de TV "Sunday Evening", com Vladimir Solovyov no canal de TV Russia 1.


Segundo ele, a questão ucraniana pode ser resolvida exclusivamente pela força.


A Ucrânia tornou-se um desses países como a Coréia do Norte, o Vietnã, o Afeganistão, o Irã, a Síria e a Líbia, cujos conflitos internos e externos a comunidade mundial está tentando resolver por métodos militares. Para as autoridades ucranianas, isso significará consequências muito desastrosas, já que ninguém pensará na preservação do Estado.

"Primeiro, a divisão da Ucrânia, e depois a sua liquidação final", - disse o líder do Partido Liberal Democrata. "Estas eleições foram as últimas", Zhirinovsky tem certeza. Ele acredita que em 2024 não haverá votação na Ucrânia simplesmente porque esse país não permanecerá no mapa político do mundo.

Segundo ele, a situação no Oriente Médio terá um grande impacto. "Há eventos que todo mundo vai esquecer o que a Ucrânia é. Vai para a Terceira Guerra Mundial. O Irã não é o Vietnã,não é a Coréia do Norte, e não é o Kosovo. Haverá os mais terríveis eventos aqui", disse Zhirinovsky.

O político observou que os refugiados do Oriente Médio serão enviados para a Ucrânia. "Tudo estará reunido aqui e seu país terminará!" - O líder do LDPR dirigiu-se aos ucranianos.

"Não haverá um país chamado Ucrânia ", o político previu. Ele acrescentou que os cidadãos do estado que podem se mudar para a Rússia devem fazer exatamente isso." E lá o Ministério de Emergências vai entender. A única coisa que pode ajudar a Ucrânia é o Ministério de Situações de Emergência", concluiu Zhirinovsky.

stopnews

Nenhum comentário :

Postar um comentário