sexta-feira, 26 de julho de 2019

Romênia confiscou 30 tanques russos T-72

A Romênia não permitiu o transporte com armas russas através do Danúbio, em direção à Sérvia, por causa das sanções da UE impostas em conexão com a situação na Ucrânia, disse o Ministério das Relações Exteriores.
T-72
Para emitir uma licença de trânsito para o transporte de material militar, que só pode ser emitido para um operador romeno, várias condições devem ser cumpridas, explicou o Ministério das Relações Exteriores da Romênia, informa a TASS .


“Um deles é que os serviços de um operador romeno fornecidos com base numa licença de trânsito não devem direta ou indiretamente satisfazer os interesses de uma pessoa singular ou coletiva, instituição ou organização da Federação da Rússia ou se destinam a ser utilizados na Federação Russa (em conformidade com a decisão 2014 / 512 / PESC do Conselho da UE sobre medidas restritivas, tendo em conta as ações da Federação Russa para desestabilizar a situação na Ucrânia, que faz parte da legislação interna da Romênia), acrescentou o organismo diplomático.

Eles esclareceram que essa condição não foi cumprida nessa situação, dai o porque da licença não ser emitida.

O canal romeno Digi 24 informou que estamos falando de 30 tanques e 30 veículos de transporte blindados, enviados sob um contrato entre a Sérvia e a Rússia.

“As autoridades romenas, no entanto, detiveram o transporte e confiscaram as armas”, explicou o canal.

Anteriormente, foi relatado que o Ministério da Defesa da Rússia e da Sérvia concordou com o fornecimento de 30 tanques T-72S e 30 BRDM-2.

Nenhum comentário :

Postar um comentário