Boeing falhou na criação de um interceptador de ICBM - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

Boeing falhou na criação de um interceptador de ICBM

O Departamento de Defesa dos Estados Unidos decidiu rescindir o contrato com a Boeing Corporation, que previa o desenvolvimento do veículo de interceptação redesenhado (RKV), projetado para destruir ogivas ICBM fora da atmosfera no meio da trajetória de vôo.



O trabalho real foi conduzido pela Raytheon, atuando como subcontratada da Boeing. Assumiu-se que 64 unidades do novo produto substituiriam os interceptadores EKV existentes, que são um dos componentes mais importantes da defesa antimísseis americana. Eles destroem ogivas de mísseis balísticos colidindo diretamente com elas em alta velocidade. Espera-se que a criação de uma versão modernizada - RKV - elimina-se os problemas identificados durante o teste de seu predecessor EKV.

Agora que o projeto do RKV foi cancelado, o Pentágono planeja continuar anunciando uma nova competição para o desenvolvimento de interceptadores da próxima geração.

- A Defense News observa, indicando que os militares dos EUA se recusaram a melhorar os mísseis anti-balísticos existentes, confiando na criação de um produto completamente novo. 

Isto foi motivado pela experiência mal sucedida da Boeing, que acabou por falhar na tarefa que lhe foi confiada, não cumprindo os requisitos do Ministério da Defesa.

"Os problemas técnicos durante o projeto foram tão significativos que eram insuperáveis ​​ou dispendiosos"

- explicou no Pentágono.

Um comentário:

  1. Estão falhando de propósito, não querem, de fato, desenvolver nada, porque se os EUA conseguirem se defender do seus adversários na terceira rinha de galo mundial, a Nova Ordem Mundial não teria como ser implantada.

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Responsive Ads Here