quarta-feira, 7 de agosto de 2019

Especialista militar previu que a Ucrânia iria se juntar à Rússia

Moscou nessa época se tornará o centro de um novo tipo de império.

Em 2042, a Federação Russa pode absorver completamente a Ucrânia. Isso acontecerá se a Rússia se transformar em uma nova forma de império. Esta suposição foi feita pelo especialista militar ucraniano e blogueiro Alexei Arestovich.


"A Rússia está agora à procura de uma nova forma de império, acho que até 2032-2035 vai encontrá-la ou vai desmoronar. Agora, se for encontrado, então em 2042 a Rússia vai engolir a Ucrânia ou somente metade da Ucrânia permanecerá".
Arestovich disse em uma entrevista com Apostrof.

O território restante abrigará um antro de nacionalistas com inclinação étnica, cuja idéia "destruirá a Ucrânia", acrescentou.

O especialista propôs o seu próprio cenário, em que o país poderá "manter os territórios que herdou da União Soviética, com acesso ao mar, com todo o resto". Essa visão, ele disse, será a "versão política do nacionalismo".

A idéia étnica de nacionalismo é muito instável, porque é baseada em uma única língua, bem como em uma única fé, história e fronteiras, observou o especialista. "Estas são todas as categorias dinâmicas que mudaram radicalmente ao longo de 100 anos, e mudaram 500-700 vezes ao longo de 600 anos. Essas coisas são instáveis, você não pode construir uma nação sobre elas", explicou o blogueiro.

Arestovich é conhecido por suas previsões escatológicas sobre o futuro da Ucrânia. No ano passado, ele convenceu a todos que, no caso da derrota de Petro Poroshenko na eleição presidencial, a Rússia receberia a Ucrânia" em um ano ou dois". Kiev, sob qualquer outro presidente, ficará tão dependente de Moscou quanto possível: ela será forçada a comprar gás, petróleo e armas russas. Em última análise, o país perderá sua independência, disse o especialista.

stopnews

Nenhum comentário :

Postar um comentário