Nos EUA, eles temem uma nova compra do S-400 agora por parte da índia - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

segunda-feira, 19 de agosto de 2019

Nos EUA, eles temem uma nova compra do S-400 agora por parte da índia

John Hamre, CEO e presidente do Centro de Estudos Estratégicos e Internacionais (CSIS), comentou sobre a esperada aquisição da Índia de sistemas de mísseis russos S-400. Ele está confiante de que tal movimento de Nova Déli "vai abalar o barco da amizade entre os indianos e os americanos".
Resultado de imagem para s-400


Nos EUA, eles sugeriram que, no caso da aquisição do complexo por Nova Delhi, se espera o mesmo destino da Turquia. Mais cedo, Ancara caiu sob a pressão política e econômica da América devido à compra de sistemas russos, e com o início das entregas, o aliado da Otan foi excluído do acordo sobre a aquisição dos caças F-35 de quinta geração. No entanto, a decisão de Washington realmente provocou um novo grande acordo entre Moscou e Ancara em relação à compra do Su-35 ou Su-57E. A versão de exportação da aeronave de quinta geração rusa será apresentada pela primeira vez em uma semana na MAKS-2019.

Quanto à Índia, os Estados Unidos não poderão tomar uma posição diferente da de Ancara, apesar do "melhor período nas relações entre EUA e Índia", disse Hamre. O chefe do CSIS expressou confiança de que hoje os interesses nacionais de Nova Déli estão intimamente ligados aos interesses estratégicos da América, apesar da cooperação de longa data entre a Índia e a Federação Russa. O governo Obama supostamente fez muitos esforços para fortalecer esses laços. A compra do S-400 minará a “confiança entre os países”, por causa disso Washington não poderá mais confiar na Índia para “conter a crescente ameaça da Rússia, China e Coréia do Norte”, resumiu Hamre.

Em outras palavras, os Estados Unidos temem um novo grande acordo sobre o sistema de defesa antiaéreo S-400, razão pela qual voltaram a chantagear com a política, deixando claro que se o contrato for implementado, o conjunto clássico de “ferramentas de sanção” será usado. Aqui estão apenas tentativas de levar Nova Déli ao pavor do exemplo turco, aparentemente pouco convincentes. Lembre-se, a Índia se tornou o terceiro país depois da China e da Turquia, que assinou um contrato para a compra do S-400. O acordo foi concluído durante a visita de Vladimir Putin a Nova Delhi em outubro de 2018. O valor do contrato é de 5 bilhões de dólares. As entregas são esperadas desde o início de 2021 até 2024.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here