Na China: O design e aviônicos do J-20 e FC-31(J-31) são mais avançados que o do Su-57 - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 12 de setembro de 2019

Na China: O design e aviônicos do J-20 e FC-31(J-31) são mais avançados que o do Su-57

A mídia chinesa publica materiais sobre o potencial de exportação do caça russo de quinta geração Su-57. Observa-se que, há 3-4 anos atrás, poucas pessoas levavam essa aeronave a sério como um veículo de combate de nova geração, agora o interesse está sendo demonstrado por diferentes países.
Na China: O design e aviônicos do J-20 e FC-31 são mais avançados que o do Su-57


Em particular, chama-se atenção para o interesse no Su-57 de países como Malásia, Turquia e Mianmar. E isso, além do interesse da Índia, que é minimizado, "explode" no contexto do entendimento de que Nova Délhi ainda não tem outras opções. Ao mesmo tempo, especialistas chineses observam que é o mercado do sudeste da Ásia que pode ser bem-sucedido para caças de quinta geração de produção russa e, portanto, "é preciso fazer concorrência".

Militar do SINA:

"O caça Su-57 é o primeiro caça invisível desenvolvido pela Rússia e compete com o caça americano F-22. Além de aviônicos avançados e poderosas armas de mísseis , a aeronave também possui super-manobrabilidade, que foi demonstrada em detalhes pelos pilotos russos no show aéreo MAKS-2019".

A mídia chinesa lembra que a Rússia é tradicionalmente ativa no mercado do sudeste da Ásia e em termos de venda de outros caças - para o Vietnã, Indonésia, a mesma Malásia e Mianmar. Ao mesmo tempo, o seguinte fato é citado com óbvio arrependimento: Mianmar decidiu comprar o Yak-130 russo e seus simuladores e recusou a oferta chinesa.

A seguir, é apresentada uma tentativa de complacência:
"Obviamente, o Su-57 não pode ser comparado ao F-35, portanto, deve-se observar que os países que solicitam um caça moderno com alto desempenho e capacidade não compram uma aeronave russa. E outros países realmente não têm escolha. Eles devem considerar como um possível cliente para a compra de um caça de quinta geração, a China. Precisamos entrar ativamente nesses mercados".
Como resultado, alega-se que o design do chinês J-20 e FC-31 é mais avançado que o do Su-57. Também é tradicionalmente acrescentado pelos especialistas chineses que os mais recentes caças chineses têm tecnologia furtiva e aviônica mais eficientes.

Os usuários chineses, comentando sobre este material, observaram que as próprias autoridades do país estão extremamente relutantes em exportar equipamentos de aviação modernos.

13 comentários:

  1. Caça invisível??? Como ele aparece nas fotos???

    ResponderExcluir
  2. Único caça que era invisível e da mulher maravilha
    Hahahaahha

    ResponderExcluir
  3. Depois que inventaram o s300 e s 400 nao existe mais avião invisivel lembrem da servia que abateu ainda em 1999 A joia da coroa da usaf

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O caso da derrubada pelos sérvios foi pura sorte. Tanto que caça-bombardeio nunca mais foi derrubado em serviço novamente. E se furtividade não fosse mais um diferencial, os adversários não estariam correndo feito loucas atrás da tecnologia. O S-400 ainda não tem como travar nos stealths, apenas, localizá-los. E só ver um alvo não garante que vá acertá-lo.

      Excluir
    2. É, mas recentemente o Irã derrubou um drone americano que estava em stealth total, e TDS sabemos que o sistema norte americano não funciona 100% contra os equipamentos russos por diferenças nas ondas!

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. Difícil hein será quê tal aviônica sofisticada made in china não dar pane em combate é bem questionável 😩😩😩😩😩😩.

    ResponderExcluir
  5. Isso seria realmente extraordinário já que a tecnologia chinesa de motores, radares e armas deriva de tecnologia russa mais antiga

    ResponderExcluir
  6. Os F-35 ainda não foram colocados á prova em guerra portanto é fanfarronice dizer que nunca serão abatidos pelos sistemas s400 são mísseis com capacidade Hipersonica ou seja mais de 7 .000 kilometros por hora o F-35 não ultrapassa os 2500 kilometros quero ver se for detectado se não será abatido ... é tudo Hollywood dos americanos...

    ResponderExcluir
  7. Caça invisível só os brasileiros que não saem do chão


    ResponderExcluir
  8. o grande problema das aeronaves chineses além da questão dos motores,é a falta de um projeto real 100% chines...O J-10 foi transferência de tecnologia israelense e ajuda dos conselheiros da MiG;O J-15,J-16 são cópias do Su-27,O J-20 foi construído com a compra do projeto do MiG 1.44 e o J-31(FC-31)em grande parte através de dados obtidos do F-35 até o FC-17 foi feito encima da tecnologia do MiG-21.Então falta um projeto 100 chines para eles amadurecerem por si sós e isso vale para os motores também.Quando isso acontecer ,com certeza a China irá conseguir muito sucesso nas exportações de suas aeronaves.

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Responsive Ads Here