Mídia britânica impressionada com o lançamento de mísseis russos [+ vídeos dos lançamentos] - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sábado, 26 de outubro de 2019

Mídia britânica impressionada com o lançamento de mísseis russos [+ vídeos dos lançamentos]

Jornalistas britânicos da edição Daily Star comentaram sobre os resultados dos exercícios militares russos "Thunder-2019", e deram uma impressão para o público ocidental. 
Mídia britânica impressionada com o lançamento de mísseis russos
Os autores do Daily Star chamaram a atenção para o fato de que, vários dias atrás, na Rússia, terminaram os exercícios militares em grande escala "Thunder-2019", dos quais muitas agências de notícias do mundo inteiro transmitiram. Um efeito especialmente grande foi causado pelas gravações de lançamentos de mísseis de cruzeiro capazes de carregar ogivas nucleares. Essas manobras assustaram o Ocidente.


"A Rússia está lançando mísseis de cruzeiro impressionantes com ogivas nucleares", informou a mídia britânica.

Em um dos vídeos publicados pelo Ministério da Defesa da Rússia, foi capturado o lançamento de mísseis de cruzeiro  Iskander. Este é um sistema de mísseis operacional-tático projetado para destruir alvos estratégicos do inimigo, bem como seus sistemas de defesa aéreo e de defesa antimísseis a distâncias de até 500 km.



Além disso, foram mostradas fotos de lançamentos de mísseis de cruzeiro Kalibr por pequenos navios de mísseis da Marinha Russa. Tiros foram disparados por unidades de combate da Frota do Norte e da Flotilha do Mar Cáspio dos mares Barents e Cáspio contra alvos localizados na costa.  


"Os exercícios do exército russo incluíram exercícios da marinha nos mares de Barents, Cáspio e Okhotsk, além de manobras terrestres na península de Kamchatka", afirmaram os especialistas britânicos.

Exercícios militares russos estão ocorrendo no contexto das tentativas dos EUA de exigir suas reivindicações no Ártico. Algum tempo atrás, foi anunciado que o Pentágono estava planejando a construção de uma nova base militar no Alasca. Além disso, a 6ª frota da Marinha dos EUA voltou a patrulhar a zona do Ártico. Especialistas acreditam que, no futuro, essa região poderá se tornar uma nova plataforma para o confronto estratégico entre Moscou e Washington.    

Anteriormente, o PolitRussia citou o especialista político Vitaly Tagorov, que explicou por que os Estados Unidos não podem competir com a Rússia no Ártico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here