Piloto do F-18 que viu OVNI diz que alguns registros do encontro sumiram - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sábado, 9 de novembro de 2019

Piloto do F-18 que viu OVNI diz que alguns registros do encontro sumiram

Piloto do F-18 que viu OVNI diz que alguns registros do encontro sumiram
Ex-piloto militar dos EUA, David Fravor, testemunhou o OVNI fazendo manobras impossíveis.

A Marinha dos EUA confirmoua detecção de uma intrusão por ‘fenômenos aéreos não identificados’ (OVNIs) em uma área de exercícios militares, confirmando que os relatórios OVNI foram baseados em imagens vazadas de um incidente filmado por um avião de combate.

David Fravor, um piloto que estava pilotando um Super Hornet F/A-18E/F que encontrou um OVNI em um incidente ocorrido em 14 de novembro de 2004, declarou em uma entrevista ao The Fighter Pilot Podcast que alguns dos registros relacionados ao evento desapareceram desde então. Nomeadamente, as leituras de radar do cruzador de mísseis guiados USS Princeton, que detectou a anomalia pela primeira vez, não foram encontradas em nenhum lugar.
Ele disse:
Todas as fitas de radar do Princeton estão faltando e não podem ser encontradas. Eu estava conversando com alguém nos arquivos e eles disseram que alguém tirou essa página do diário de bordo
Então, esses registros sumiram para sempre? Bem, nem todos eles, isso é certo, pois as imagens obtidas pelo jato surgiram em 2017 e chegaram às manchetes, possivelmente devido a Fravor fazer cópias de suas próprias fitas. Mas ninguém parece saber para onde foram os registros de Princeton.
Voltamos de um cruzeiro e eles [os registros] estavam lá. Mas então, de alguma forma, eles desapareceram – ninguém sabe para onde foram. Houve vários COs [comandantes] desde então, ninguém sabe para onde foram
O incidente, que ocorreu em 14 de novembro de 2004 durante os exercícios navais dos EUA, também é conhecido como o incidente de OVNI do USS Nimitz devido ao nome do porta-aviões onde estavam estacionados os jatos que detectaram visualmente o OVNI. O objeto foi detectado pela primeira vez pelos radares do USS Princeton.
Mais de uma década depois, a Marinha dos EUA reconheceu as imagens do incidente, que foram vazadas para a mídia, dizendo que ‘fenômenos aéreos não identificados’ invadiram a área de perfuração militar naquele dia. Os militares ainda não identificaram quem são os responsáveis pelos OVNIs.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here