Engenheiros chineses calcularam mal o design da aeronave C919. - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

domingo, 26 de janeiro de 2020

Engenheiros chineses calcularam mal o design da aeronave C919.

Engenheiros chineses calcularam mal o design da aeronave C919
Um erro nos cálculos matemáticos que causaram problemas técnicos não permitirá que a aeronave chinesa C919 concorra com a Boeing e a Airbus em um futuro próximo, relata a Reuters com referência às suas fontes.

O projeto está sendo implementado pelo COMAC. Até agora, o avião de passageiros já deveria ter sido comissionado. No entanto, o erro cometido pelos engenheiros ao calcular o fator de carga desacelerou seriamente o processo de criação da aeronave. Segundo especialistas, o atraso do cronograma inicial é de pelo menos cinco anos.


Os dados incorretos usados ​​na produção levaram à detecção de rachaduras nas amostras de teste. Os estabilizadores horizontais, bem como as caixas de engrenagens das unidades de acionamento dos motores, foram expostos a danos mecânicos. Um defeito grave não apenas causou uma forte vibração, mas também levou à parada de um motor durante o voo de teste.

Segundo fontes da Reuters, os designers conseguiram encontrar uma maneira de minimizar os riscos existentes. No entanto, inspeções constantes nas unidades quanto a rachaduras e traços de fuga de óleo não podem deixar de afetar o ritmo dos testes de vôo. Vale a pena reconhecer que os atrasos que surgem na criação de novos modelos de aeronaves são comuns. Mas, no caso do C919, estamos falando de muito tempo, o que se reflete extremamente negativamente na reputação da COMAC e da China como um todo.

No entanto, a China não está desanimada. Eles esperam seriamente encerrar seu projeto. O C919 deve competir com o Boeing 737 MAX e o Airbus 320neo. Ao mesmo tempo, o preço será favorável às aeronaves chinesas, que devem ser 30% inferiores às das aeronaves acima mencionadas. Tudo o que resta é eliminar todos os problemas e trazer o novo produto ao mercado.

Outro concorrente da Airbus e da Boeing, mas já no mercado de aeronaves de corpo largo, deve ser o CR929. Segundo especialistas, o avião russo-chinês conjunto superará o Airbus A350 e o Boeing 787 em propriedades aerodinâmicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here