EUA em pânico para obter a vacina contra o Coronavírus. - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 26 de março de 2020

EUA em pânico para obter a vacina contra o Coronavírus.

de Ruslan Ostashko,Traduzido por Scott,Legendado por Leo.

The Saker



Sob a pressão do Coronavírus, o mito da superioridade da alta tecnologia e da biotecnologia ocidental está se desintegrando. Na Rússia, os rangidos liberais acreditavam na existência, em algum lugar da Califórnia, de uma pílula mágica da "fonte da juventude". Nunca houve dúvidas na capacidade americana de fabricar uma vacina contra o coronavírus. Na realidade, os EUA estão em pânico e tentando atrair seus consumidores favoritos - comprar embalagens de doces impressas para tecnologias que salvam vidas, desenvolvidas por outra pessoa.
Em março de 2019, publiquei um vídeo explicando por que os liberais na Rússia adoravam os chamados "investimentos ocidentais". Aqui está, em poucas palavras: os ladrões anglo-saxões adoram o processo de fusão e aquisição. Na realidade, é um processo simples de duas etapas. Alguma pequena empresa está desenvolvendo uma tecnologia inovadora ou um novo produto. Uma grande corporação americana simplesmente compra essa pequena empresa por bilhões, juntamente com sua inovação por um crédito recebido a uma taxa de juros de quase 0%. Depois disso, a corporação americana declara essa inovação como sua. Para invólucros de doces ou mesmo zeros digitais em algum programa de software bancário, eles obtêm algo real e valioso: produtos, know-how, tecnologias e outros. É por isso que, durante a guerra comercial, os EUA exigiram da China que abrisse seu mercado para investimentos americanos.
Agora, voltemos à situação atual com a pandemia e vejamos as notícias recentes.
Deutsche Welle: “Donald Trump tentou obter seu 'acordo' favorito no espírito do 'America First'. No domingo e segunda-feira, de 15 a 16 de março, essa história fez muito barulho na mídia e nas mídias sociais alemãs. Provavelmente, isso irá retroceder politicamente. Dietmar Hopp, proprietário da empresa de software SAP e proprietário da empresa de biotecnologia CureVac, impediu Washington de obter direitos exclusivos para a vacina COVID-19. ”
Para não ficar preso aos detalhes, aqui está o resumo: em 3 de março, Trump se reuniu com os CEOs de empresas farmacológicas e de biotecnologia, os mesmos que se afirma estarem à frente do resto da humanidade. Então, basicamente, essa reunião contou com a presença dos líderes americanos das grandes empresas farmacêuticas em pílulas especiais e também do diretor executivo da empresa alemã CureVac, Daniel Menichella. Em forte contraste com os imitadores americanos, esta empresa está realmente trabalhando para desenvolver a vacina contra o Coronavírus. A Deutsche Welle chama o Coronavirus de algo diferente, que assustou as pessoas do mundo.
Deutsche Welle: “A empresa alemã de biotecnologia CureVac trabalha intensamente no desenvolvimento de uma vacina contra o vírus SARS-COV-2. Segundo seus próprios relatórios, a empresa poderá iniciar testes clínicos neste verão, desse recurso tão prometido. Com um desenvolvimento favorável de eventos, a vacina pode estar pronta para uso no próximo outono. Além disso, a empresa também relata possuir alguns equipamentos certificados em dezembro de 2019 para produzir até 10 milhões de doses da vacina por ciclo de produção. ”
A Casa Branca em Washington fez uma oferta ao chefe americano da empresa alemã para organizar a venda dessa empresa para uma empresa americana por US $ 1 bilhão. No mínimo, o governo americano queria direitos exclusivos para a vacina, sua distribuição e produção. Segundo a mídia alemã, Donald Trump queria comprar acesso exclusivo a vacina contra o coronavírus apenas para os EUA.
Considerando que o Federal Reserve dos EUA baixou as taxas de juros para quase 0%, é surpreendente que Trump não tenha oferecido US $ 10 bilhões. O executivo-chefe da empresa alemã CureVac, Daniel Menichella, foi contratado para fazer esse trabalho. O mercenário não se importa se a vacina é feita sob uma bandeira alemã ou americana. Ele só quer dinheiro. Trump queria mostrar que a América está à frente de todos no mundo, enquanto o resto da humanidade não importa para ele. No entanto, os proprietários da empresa alemã não gostaram da oferta. Menichella foi demitida 8 dias depois de se encontrar com TrumpSeu lugar foi ocupado pelo fundador da empresa, Ingmar Hoerr. Seu retorno foi exigido pelo principal investidor da CureVac, Dietmar Hopp, um bilionário alemão de 79 anos.
Não é fato que os alemães possam criar a vacina primeiro. Os pesquisadores russos foram os primeiros a decodificar a sequência completa do genoma do novo Coronavírus. Eles já começaram a testar protótipos de vacinas em potencial com base em seis plataformas tecnológicas diferentes.
RIA Novosti: “A Rospotrebnadzor anunciou o início dos ensaios clínicos de uma vacina contra o novo Coronavírus. Foi desenvolvido convenientemente pelo Centro Estadual de Pesquisa de Virologia e Biotecnologia (VECTOR). Os protótipos das vacinas em potencial são baseadas em seis plataformas tecnológicas diferentes. ”
No caso da empresa alemã, outra coisa é importante. Berlim sabe como o progresso real difere de sua imitação. A Alemanha criticou abertamente os EUA pela tentativa de comprar invenções de outras nações para suas embalagens de doces.
Kommersant: "As autoridades alemãs não permitirão que outros países concedam a si mesmos direitos exclusivos sobre o trabalho dos virologistas alemães, que estão assumindo um papel de liderança no desenvolvimento da vacina para o Coronavírus", disse seu ministro das Relações Exteriores, Heiko Maas, depois que se tornou conhecida a tentativa do governo dos EUA de comprar a empresa biofarmacológica alemã 'CureVac'. De acordo com os alemães, o governo Trump queria que essa empresa criasse uma vacina exclusivamente para os EUA. ”
O esquema em que os EUA criam dinheiro do ar e compram ativos reais começou a funcionar mal. Não parece que os EUA possam comprar a vacina em outro lugar e chantagear um mundo inteiro com ela, já que os EUA estão sendo chantageados pelo SoftBank e seus kits de teste de Coronavírus. Eu discuti com você o imitador de alta tecnologia americano nos meus vídeos anteriores.
Na condição em que existe uma ameaça real, uma defesa contra ela não pode ser feita em uma cadeia de blocos ou impressa em uma impressora 3D. O mundo se torna cada vez mais intolerante às imitações. Até o chefe do governo britânico mostra alguns sinais disso. Mesmo que ele se pareça com um palhaço, ele ainda tem cérebros.
RuPosters: “Boris Johnson pediu aos fabricantes britânicos Rolls Royce e JCB que construíssem milhares de respiradores enquanto o país luta contra o coronavírus.”
Aqui estão os comentários do meu colega de TI, Ruslan Karmanov:
VKontakte:“Quão claramente a coisa toda está perdendo seu brilho. "Estamos perto da [nova] revolução industrial e todas essas linhas de produção desaparecerão em breve", como prometia a mídia para jovens imbecis barbudos por anos. 'Em vez disso, tudo funcionará por conta própria, os robôs estarão por toda parte, automação, impressoras 3D, as pessoas estarão sentadas em frente às telas dos computadores e rindo enquanto recebem dinheiro por isso. Oh, quão incrível será, weeeee! No entanto, quando a situação da SHTF aparece, os 'líderes' britânicos não foram à Apple e à Tesla Inc., nem perguntaram ao Google se seriam capazes de ajudá-los. Eles deveriam ter métodos desenvolvidos rapidamente, além de possuir um monte de alta tecnologia. Mas, em vez disso, foram a seus próprios fabricantes locais, que ajudaram a fabricar equipamentos de saúde de alta tecnologia, incluindo respiradores. ”
Ah, horror! Boris Johnson não lê os meios de comunicação liberais na Rússia que escrevem todos os dias sobre a América ser a nação mais avançada do mundo. E que precisamos correr para lá para obter ajuda. Agora, imagine quanta dor emocional o Coronavírus traz para a classe criativa liberal. O mundo globalizado em seus 80% foi feito com os simulacros. Agora, este castelo de cartas desaba. A propósito, onde estão aqueles que gritam que não precisamos realizar a substituição de importações e que a Rússia está para sempre por trás do "mundo livre" e de suas tecnologias? Olá gritadores, explique-nos por que o Rospotrebnadzor precisa que seus ouvidos sejam verificados. Porque os Vatniks nunca podem criar uma vacina. Talvez você possa chamar os liberais e ucranianos em nossos comentários, nossos colegas assinantes? Os comentários seriam interessantes neste caso.
Radio Free Europe / Radio Liberty conduzindo uma pesquisa em Moscou: “É possível colocar a Rússia em quarentena sem destruir sua economia?”
Jovem: “Como não podemos arruinar a economia se a produção industrial parar e não houver mais produtos para vender, a troca de dinheiro deixará de acontecer. Então, de que economia se pode falar depois disso? ”
Jovem: “Se encerrarmos tudo agora, é claro que não haverá produção. É por isso que acho que, se fizermos uma quarentena agora, a economia explodirá. ”
Homem de meia idade: “Qualquer decisão tem seus prós e contras. Na minha opinião, a economia da Rússia está tão destruída que uma quarentena não teria impacto nela. ”
Jovem: "Acho que não, a economia será arruinada de qualquer forma."
Homem de óculos escuros: “Eu simplesmente não sei. Estou aqui em Moscou há duas semanas, não notei nada. Sem pânico, sem pessoas doentes. Já estive em muitos lugares, incluindo o Big Theatre. Não sei por que eles precisam de quarentena. Talvez seja apenas porque não me atingiu. Não é como a peste negra em que as pessoas correm gritando. Moscou continua a viver sua própria vida. ”
Homem com sotaque e máscara do Cáucaso: “Acho que não, porque ainda afetará a economia. Se as pessoas ficarem em casa em quarentena, será ruim para o país. Mas para as pessoas comuns, ainda será melhor.
Mulher de meia idade: “Não é possível em lugar nenhum. Não apenas na Rússia, mas em qualquer outro país. Eu acho que não é possível sem nenhum dano à economia. A quarentena e a economia são duas coisas que são completamente opostas. Logicamente elas não se ligam.
Homem com máscara e sotaque britânico: “Se as pessoas não trabalham, então não entendo como a economia avançará. É por isso que se tivermos uma quarentena como na França e na Espanha, haverá uma enorme desaceleração da economia. É por isso que não devemos fazer nada a esse respeito. Mas, a Rússia é um país que sobreviveu muito. Penso que, como nação, a Rússia também sobreviverá a isso. Será mais fácil para vocês, russos, do que para nós, europeus, porque não tivemos situações tão extremas na Europa. ”
Posfácio da equipe PolitRussia:
Coronavírus - algumas pessoas vão às lojas e filmam prateleiras vazias para colocar isso em suas histórias. Alguém tricota máscaras e cria anti-sépticos com as próprias mãos. Alguém precisa cuidar das crianças, já que a escola está em quarentena. Mas a equipe valorosa da PolitRussia continua trabalhando. Nosso estúdio está funcionando. Continuamos a fazer reportagens. E agora vamos ver o que os caras estão fazendo.
Não vamos incomodar Boris, ele está muito ocupado hoje. É claro que todos foram forçados a mudar seus planos. Andrei, conte aos nossos assinantes como o Coronavírus afetou sua vida?
- Bem, fomos forçados a reagendar nosso casamento. Remarcar? - Por um ano. Oh, por um ano inteiro? - Por um ano, ou talvez dois. Talvez a cancelemos completamente.
Aqui é Oksana. Oksana, você deve ter um truque para combater o Coronavírus?
- Abro portas com os cotovelos.
Entendi. Na verdade, eu comecei a fazer isso também.
Este é o Boris. Boris, como o Coronavírus afetou sua vida?
Parei de andar de metrô. Agora estou com muito medo de usar o metrô. É isso aí.
É claro que é mais seguro estar em casa. Mas há um problema: quando estamos trabalhando em casa, comemos mais. Mas há também um ponto positivo: em nove meses, podemos ter um boom de bebês. De que nosso país realmente precisa. E este é Dmitry, a propósito.
Bem, se você for lá fora, a fórmula para a saúde é simples. Lavamos as mãos com mais frequência e mais tempo. Cuidamos de nossos entes queridos. Nós não ficamos muito tempo juntos. E o mais importante, substituímos a ansiedade pelo conhecimento. Falando em conhecimento, o canal PolitRussia continua a compartilhar informações saudáveis ​​e verificadas. Congratulamo-nos com os principais especialistas. E seu apoio é muito importante e muito valorizado, especialmente hoje. Para ajudar nosso canal, você pode nos enviar links em cada um de nossos vídeos.
Scott Humor é o diretor de pesquisa e desenvolvimento do The Saker
Minha conta no tweeter @ScottsHumor
Meu blog
escritor e jornalista russo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here