Ministério da Defesa da Rússia fecha novo contrato para o Su-34M - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira, 29 de maio de 2020

Ministério da Defesa da Rússia fecha novo contrato para o Su-34M

Su-34 FULLBACK | Mudamos de casa
A Força Aérea Russa receberá outros 76 bombardeiros Su-34. Segundo o Izvestia, citando fontes no complexo industrial militar e do Ministério da Defesa, o contrato para a construção de aeronaves já foi acordado.

Segundo a publicação, o Ministério da Defesa já concordou com os termos do contrato para o fornecimento dos bombardeiros Su-34M. Sob os termos do acordo, a aeronave será entregue em uma versão modernizada; um total de 76 bombardeiros está previsto para ser recebido até 2027.

Os detalhes do contrato para um novo lote grande de Su-34 já foram acordados. Embora o documento em si ainda não tenha sido assinado, as empresas do setor de defesa começaram a solicitar componentes para sua execução. Todos os anos, até 2027, está previsto produzir de 8 a 14 aeronaves. Os primeiros componentes para sua montagem devem ir para a fábrica no segundo semestre deste ano.

- declarado na empresa.

É relatado que todos os Su-34s sob o novo contrato serão produzidos de acordo com a versão modernizada como parte do programa de desenvolvimento Sych. Essa modernização inclui a atualização de aviônicos, a instalação de armas de precisão e um conjunto de vários contêineres de reconhecimento suspensos.

O blog bmpd escreve que, dentro da estrutura do projeto de desenvolvimento da Sych, estão sendo desenvolvidos três contêineres suspensos substituíveis com equipamentos de inteligência que excedem significativamente as capacidades do equipamento interno, eles devem fornecer à aeronave novos recursos para detectar alvos.

Uma variante do contêiner com a designação UKR-RT destina-se ao reconhecimento eletrônico, UKR-OE para optoeletrônica e UKR-RL para radar. Todos eles usam um único barramento de dados para interagir com a aeronave.

- escreve a publicação.

Lembre-se de que até o momento, sob dois contratos de 2008 e 2012, o Ministério da Defesa recebeu 32 e 92 bombardeiros Su-34, respectivamente.

4 comentários:

  1. Como eu gostaria que o Brasil tivesse ao menos 12 dessa maravilhosas aeronaves

    ResponderExcluir
  2. sim,seria perfeito - mas infelizmente isso nunca vai acontecer pois nossas forças armadas se acham ocidentais e seguem a doutrina americana ,foram formadas na escola de guerra americana é uma força ideológica apenas por isso nunca vão adquirir equipamento russo ou chines devido ao viés ideológico.

    ResponderExcluir
  3. Com esse Boçal na Presidencia,só latas voadoras...

    ResponderExcluir
  4. é difícil acreditar que um país com dimensões continentais possa voar F-5 de 60 anos .isso só mostra a falta de seriedade e corrupção de nossas autoridades em todas as esferas.

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Responsive Ads Here