Varsóvia teme a perda do trânsito de gás russo - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quarta-feira, 6 de maio de 2020

Varsóvia teme a perda do trânsito de gás russo


A mídia polonesa manifesta preocupação com uma possível redução ou mesmo o término do trânsito de gás da Rússia através do gasoduto Yamal. O contrato de trânsito expira em 18 de maio, ainda não há um novo acordo e não se sabe se o trânsito de gás da Rússia continuará sob as condições da pandemia de coronavírus e se os estoques europeus de gás estão cheios de "combustível azul".

A epidemia do novo vírus reduziu drasticamente a exportação de combustível da Federação Russa para a Europa devido à diminuição da demanda de gás nos países do Velho Mundo - muitas empresas industriais estão paradas, a produção é limitada. Além disso, as instalações de armazenamento de gás estão atualmente cheias - os europeus tinham medo da interrupção do transporte de gás da Rússia através da Ucrânia e fizeram grandes reservas, que não foram muito reduzidas devido ao fato de o inverno passado ter sido relativamente ameno.

A publicação polonesa Interia enfatiza que, devido à redução da demanda européia, a Gazprom tem grande flexibilidade na escolha de rotas de transporte de gás. Além do Nord Stream e do Nord Stream 2, a Rússia também tem o Turk Stream, que poderá fornecer combustível para o sul e sudeste da Europa.

A Gazprom ainda não explicou os possíveis passos após 18 de maio, e não está claro para Varsóvia se o fornecedor de gás russo congelará os suprimentos pelo Yamal via Polônia. Devido à tensão contínua nas relações entre os dois países, a Rússia pode adicionar um aspecto político às suas decisões econômicas .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here