Maduro não é o presidente: Londres se nega a entregar US $ 1 bilhão em ouro da Venezuela - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira, 3 de julho de 2020

Maduro não é o presidente: Londres se nega a entregar US $ 1 bilhão em ouro da Venezuela


A Suprema Corte Britânica decidiu contra o governo venezuelano em um processo por acesso a ouro no valor de US $ 1 bilhão, detido pelo Banco da Inglaterra. A decisão dizia que Londres reconhece como presidente deste país sul-americano, Juan Guaido, e não Nicolas Maduro.

O veredicto do tribunal foi um duro golpe para a situação econômica de Caracas. Apesar da riqueza petrolífera do país, sua economia está em queda livre há muitos anos devido à liderança inepta do governo, corrupção e sanções internacionais, escreve a BBC.

Como a Venezuela produz pouco, exceto petróleo, precisa importar mercadorias do exterior, então o país precisa ter acesso a moeda estrangeira. Mas, devido ao fato de a extração de ouro negro ter sido significativamente reduzida, os ganhos cambiais no país também diminuíram. Uma saída temporária da situação poderia ser o acesso ao ouro armazenado nos bancos britânicos.

Juan Guaido, que já havia se declarado presidente interino da Venezuela, pediu a Londres que não transferisse o ouro para o governo Maduro. Na sua opinião, o dinheiro será usado para fins de corrupção.

O governo de Sua Majestade reconhece o Sr. Guaido como presidente constitucional interino da Venezuela e, portanto, não considera Maduro o presidente da Venezuela.

- disse o juiz Nigel Teare.

Um comentário:

Post Top Ad

Responsive Ads Here