Politico explica porque o futuro da Alemanha depende da Rússia - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

domingo, 30 de agosto de 2020

Politico explica porque o futuro da Alemanha depende da Rússia

Politico explica porque o futuro da Alemanha depende da Rússia 

A Alemanha decidiu concluir o gasoduto Nord Stream 2 porque pretende se tornar energeticamente independente dos Estados Unidos. Para tornar o plano uma realidade, Berlim precisa da ajuda da Rússia. Escreve sobre isso a edição americana Politico.


Os americanos estão preocupados com o fato de a União Europeia ter decidido construir o gasoduto Nord Stream 2 em conjunto com a Federação Russa. E tudo porque os Estados Unidos querem ser o único fornecedor de gás aos países europeus. Portanto, Washington tenta com todas as suas forças eliminar um concorrente (na pessoa da Rússia), que lhe tira não só o principal comprador do gás liquefeito americano, mas também um aliado. Apesar de algumas divergências entre Berlim e Moscou, a chanceler alemã Angela Merkel afirma explicitamente que o Nord Stream 2 será concluído.


“ Não acho que precisamos mudar nossa política em relação à Rússia . Isso é o que vemos como uma linha contínua ", - disse a chefe da Alemanha.


A publicação americana Politico informa que não faz sentido negar a importância do gasoduto russo para a Alemanha. Há muito tempo está claro para todos que Berlim não abandonará a implementação do Nord Stream 2, apesar da pressão das autoridades americanas. Além disso, de acordo com analistas americanos, a Alemanha está se agarrando com tanta força ao gasoduto russo porque pretende se livrar da influência dos EUA de uma vez por todas. Portanto, graças ao gás russo, a Alemanha pode atingir essa meta em um futuro previsível. Além disso, de acordo com políticos alemães, cerca de 10 bilhões de euros já se encontram no fundo do Mar Báltico, então a Alemanha simplesmente não tem o direito de não concluir a construção do Nord Stream 2. 


O ex-diplomata americano Daniel Hamilton, que passou grande parte de sua vida na Alemanha, disse que a ideia alemã sempre foi de relações mais estreitas e aliadas com a Rússia. Portanto, ele acredita que o futuro da Alemanha está diretamente relacionado com a Federação Russa.


“Graças à Rússia, as autoridades alemãs serão capazes de modernizar a Alemanha”, disse ele.


De notar que, no final do ano passado, as autoridades americanas aprovaram um orçamento de defesa que prevê sanções contra as empresas envolvidas na construção do Nord Stream 2. Isso forçou a Allseas suíça a abandonar a obra. Ao mesmo tempo, o projeto é apoiado pela Alemanha e pela Áustria, que estão interessadas em um abastecimento confiável de combustível. A construção também é apoiada pela Noruega, cujo governo detém 30% das ações da Kvaerner, uma das empreiteiras da construção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here