Agricultores americanos sob ataque: China muda para produtos russos - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Agricultores americanos sob ataque: China muda para produtos russos

O confronto econômico entre Washington e Pequim, desencadeado pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, traz perdas para os dois lados. Ao tentar levar empresas chinesas à falência, os EUA costumam prejudicar seus próprios empresários. Agora é a vez dos fazendeiros americanos.


Os produtores de grãos, milho e soja dos Estados Unidos estão quase à beira da ruína devido ao fato de que a China reduziu a oferta de produtos agrícolas americanos. Escreve sobre isso a edição Sohu.


Ninguém precisa de OGMs americanos 


China é um dos maiores importadores de alimentos do mundo. Nenhum fornecedor quer perder esse mercado. Mas, devido às guerras comerciais, Pequim decidiu cortar suas importações dos Estados Unidos.


A China deve procurar outros fornecedores para se proteger da fraude e vandalismo americanos

- Diz a edição chinesa do Sohu.


As empresas da China já começaram a cancelar maciçamente e de repente grandes pedidos dos Estados Unidos. Mas na China eles recusam produtos agrícolas americanos não apenas por causa das políticas de Trump. A edição chinesa destaca que as mercadorias procedentes dos Estados Unidos não atendem aos requisitos e padrões de qualidade. Por exemplo, organismos geneticamente modificados (OGM) foram encontrados no milho americano, embora o fabricante tenha declarado que seu produto é de origem orgânica.


A Rússia está conquistando novos mercados


Não se sabe exatamente o que fez as empresas chinesas abandonarem os produtos agrícolas americanos - má qualidade ou guerras comerciais. Para os fazendeiros americanos, apenas um fato é importante - toneladas de seus produtos apodrecerão nos depósitos. É improvável que as empresas americanas consigam encontrar rapidamente um substituto para os compradores Chineses, o que significa que incorrerão em enormes prejuízos.


Nessa situação, Moscou ganha, o que fortalece cada vez mais sua posição no mercado agrícola. É provável que os produtos russos substituam os grãos americanos na China.


Os representantes da China começaram a celebrar grandes contratos com outros fornecedores de produtos agrícolas. A Rússia desempenha um papel especial na estratégia atualizada

- Disse os analistas Sohu.


Moscou não está apenas desenvolvendo intensamente a agricultura, o que lhe permite ganhar mercados, mas também é um parceiro estratégico de Pequim. A edição chinesa diz abertamente que os grãos da Federação Russa substituirão gradualmente os suprimentos dos Estados Unidos para o mercado da China. Acontece que a guerra comercial de Washington levou ao fato de que os agricultores americanos estão sob ataque e a China está mudando para produtos russos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here