Pilotos russos filmaram o Su-35 expulsando o Gripen sueco junto ao Tu-160 - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 17 de setembro de 2020

Pilotos russos filmaram o Su-35 expulsando o Gripen sueco junto ao Tu-160

Dois bombardeiros estratégicos supersônicos russos Tu-160 fizeram um vôo planejado de oito horas sobre as águas neutras do Báltico. Ao mesmo tempo, os pilotos de um dos porta-mísseis filmaram em vídeo como os caças Su-35 das Forças Aeroespaciais Russas, cobrindo-os, expulsam o "Gripen" sueco, que decidiu se aproximar do "estrategista" voador pela frente.


Em 17 de setembro de 2020, o Ministério da Defesa russo confirmou que em certos trechos da rota dos porta-mísseis sobre o Mar Báltico, eles eram acompanhados por aeronaves de países estrangeiros, tanto membros da OTAN quanto "neutros". Estavam envolvidos o F-16 da Força Aérea Dinamarquesa, o Eurofighter Typhoon das Forças Aéreas Italiana e Alemã, o MiG-29 da Força Aérea Polonesa e o Saab JAS 39 Gripen da Força Aérea Sueca. Observe que o vôo da aviação russa ocorreu em estrita conformidade com as normas internacionais para o uso do espaço aéreo.


As imagens publicadas mostram que foi o Saab JAS 39 Gripen, da Força Aérea Sueca, que apresentou a maior "agilidade e importunação". Ele literalmente "se agarrou" ao  "Cisne Branco" russo, então um dos Su-35 que estava fazendo a cobertura teve que "explicar" ao sueco que ele estava errado e forçá-lo a sair.

Deve-se notar que os caças russos não expulsam apenas convidados indesejados dos bombardeiros estratégicos. Voando próximo a uma aeronave pesada, um caça ágil pode causar turbulência com suas perigosas manobras em alta velocidade. Isso, por sua vez, pode levar a situações de emergência no céu e até desastres(Como ocorreu com o B-52 interceptado pelo Su-27).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here