Bielorrússia impôs sanções retaliatórias contra a Letônia, Lituânia e Estônia - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 1 de outubro de 2020

Bielorrússia impôs sanções retaliatórias contra a Letônia, Lituânia e Estônia

A Bielorrússia impôs sanções retaliatórias contra os países bálticos. Conforme declarado no Ministério dos Negócios Estrangeiros da Bielorrússia, as medidas restritivas foram introduzidas em resposta às sanções impostas pela Lituânia, Letônia e Estônia contra a Bielorrússia.


Minsk elaborou suas próprias listas de sanções para os três países bálticos, que incluíam cerca de 100 funcionários de cada um dos países. A decisão de retaliar foi tomada na terça-feira, 29 de setembro.


(...) como prometido, também estamos implementando medidas restritivas simétricas recíprocas para cada um desses países. Dissemos que esta é uma espiral descendente lançada por sugestão de líderes lituanos individuais. Continuaremos respondendo, mas nunca daremos início a tais passos.


- disse na mensagem o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Bielorrússia.


Lembre-se de que os três países bálticos impuseram sanções contra a Bielorrússia em 31 de agosto. Sob uma proibição de entrada de cinco anos na Letônia, Lituânia e Estônia contra cerca de 30 funcionários da Bielorrússia, incluindo o presidente do país, Alexander Lukashenko. Em 25 de setembro, a lista de sanções do Báltico foi ampliada para 100 autoridades bielorrussas.


Observe que a Polônia pretende impor suas próprias sanções contra a Bielorrússia, sem esperar pela decisão da União Europeia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here