"Reconhecimento do espaço revelou os planos da Rússia": canal dos EUA sobre a suposta preparação para o lançamento do míssil de cruzeiro nuclear "Burevestnik" - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 22 de outubro de 2020

"Reconhecimento do espaço revelou os planos da Rússia": canal dos EUA sobre a suposta preparação para o lançamento do míssil de cruzeiro nuclear "Burevestnik"

A Rússia pretende, em um futuro próximo, retomar os testes de um de seus mais novos sistemas de armas - o míssil de cruzeiro nuclear Burevestnik(Petrel). De acordo com a mídia americana, "os planos da Rússia foram revelados graças a imagens de reconhecimento feitas do espaço".


À disposição do canal americano CNN estavam imagens de satélite que testemunham, segundo jornalistas, a preparação do lançamento, que deverá decorrer a partir do local de testes na península Pankova Zemlya, no arquipélago de Novaya Zemlya. De acordo com especialistas, traços de atividade intensa são visíveis aqui; extensas obras de construção já permitiram a restauração do local de lançamento.


Sob condição de anonimato, duas autoridades americanas disseram à CNN que o governo teria conhecimento do trabalho realizado pela Rússia e da intenção de Moscou de retomar os testes do Burevestnik, que foi suspenso em 2018.


Segundo a CNN, os novos lançamentos do sistema de mísseis nucleares serão um sinal para a Casa Branca, uma tentativa de obrigar o governo dos Estados Unidos a estender o tratado de limitação de armas estratégicas ofensivas. Ao mesmo tempo, a Rússia continua argumentando que seu mais novo sistema de ataque "Burevestnik" não se enquadra nos termos deste acordo.


Nesse sentido, não está claro como os novos lançamentos do Burevestnik podem afetar a posição dos EUA. Conforme notado pela mídia americana, a extensão do tratado START é benéfica para o atual Presidente dos Estados Unidos, que pretende apresentar isso como sua vitória de política externa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here