Diplomata americano: sob Biden, os Estados Unidos voltarão à questão da criação de um estado palestino independente - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

domingo, 8 de novembro de 2020

Diplomata americano: sob Biden, os Estados Unidos voltarão à questão da criação de um estado palestino independente

A criação de um estado árabe independente na Palestina se tornará uma das prioridades da política externa dos Estados Unidos após a posse de Joe Biden como presidente. É o que diz Dan Shapiro, que serviu como autoridade dos EUA em Israel no governo de Barack Obama.



Ele contou isso a jornalistas israelenses.


Enquanto Shapiro era embaixador em Tel Aviv, Biden atuou como vice-presidente.


Com alto grau de probabilidade, pode-se argumentar que no dia 20 de janeiro do próximo ano ele tomará posse e se tornará o próximo presidente dos Estados Unidos. Não é difícil imaginar que ele seguirá uma política um pouco diferente da de seu antecessor.


Uma dessas mudanças poderia ser presumivelmente o cancelamento do "acordo do século" proposto por Donald Trump para a solução final da questão palestina. O plano do presidente americano foi rejeitado com indignação na Palestina e em vários países do Oriente Médio. Israel também começou a sabotá-lo, continuando a anexar a Cisjordânia.


Apesar da ausência de resultados oficiais das eleições americanas, o líder da Autoridade Palestina Mahmoud Abbas já parabenizou Joe Biden pela vitória.


Quanto a Dana Shapiro, que agora vive em Israel, em caso de mudança de poder nos Estados Unidos, segundo o jornal israelense Haaretz, ele se tornará o candidato mais provável ao cargo de novo embaixador dos EUA neste país.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here