Sohu: escândalo com turbinas Siemens se transformou em efeito inesperado para a Rússia - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Sohu: escândalo com turbinas Siemens se transformou em efeito inesperado para a Rússia


A história ressonante com a entrega de turbinas a gás para a empresa alemã Siemens na Crimeia se transformou em consequências inesperadas para a Rússia.


Há vários anos, a entrega de um lote de turbinas a gás da Siemens no território da Crimeia gerou um escândalo internacional. Descobriu-se que o equipamento foi entregue à Rússia contornando as sanções ocidentais. A empresa alemã tentou contestar essa situação nos tribunais, mas não obteve muito sucesso neste campo. Segundo analistas chineses, as consequências dessa história de destaque ainda estão se fazendo sentir. Isso é relatado pela Sohu. 


“Por muitos anos, a Rússia teve que comprar turbinas a gás de fornecedores na Europa, EUA e Japão. Estes últimos monopolizaram literalmente este mercado, a Federação Russa não tinha alternativa aos produtos estrangeiros ”, observam os autores da Sohu.


Segundo os analistas chineses, o escândalo com as turbinas alemãs acabou tendo um resultado bastante inesperado. Como resultado deste incidente, a Rússia decidiu apostar no abandono das tecnologias estrangeiras e esta iniciativa já começa a dar frutos. Há algum tempo, foi testada a turbina russa GTD-110M de alta potência, considerada um produto extremamente promissor. Segundo especialistas, as características dessa turbina não são inferiores às da já citada Siemens.


“Em condições de instabilidade política, o desenvolvimento de turbinas a gás domésticas é extremamente importante para a Rússia”, afirmam os especialistas.


Os desenvolvedores de turbinas russas estão planejando principalmente atender à demanda doméstica do país por tais unidades. Depois disso, será considerada a possibilidade de entrar no mercado internacional com esses produtos. Conforme observado por jornalistas da China, é improvável que os países ocidentais previssem tal resultado. Sua tentativa de limitar o acesso da Rússia a uma série de tecnologias importantes levou à criação de um substituto doméstico na Federação Russa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here