Investidores chineses da Motor Sich entraram com pedido na arbitragem internacional contra a Ucrânia - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

terça-feira, 8 de dezembro de 2020

Investidores chineses da Motor Sich entraram com pedido na arbitragem internacional contra a Ucrânia

Investidores chineses da ucraniana Motor Sich solicitaram a arbitragem internacional para recuperar US $ 3,5 bilhões da Ucrânia. Isto foi relatado pela assessoria de imprensa do grupo DCH.


Os demandantes serão representados por três escritórios de advocacia internacionais que se consagraram como um dos mais conceituados do mundo. Estes são WilmerHale, DLA Piper e Bird & Bird. E Arzinger esteve envolvido como consultor na legislação ucraniana.


Em 5 de dezembro de 2020, os investidores chineses da Motor Sich PJSC enviaram ao governo ucraniano um recurso de arbitragem internacional contra a Ucrânia, em conformidade com o acordo entre o governo da Ucrânia e o governo da China sobre o apoio e proteção mútua de investimentos


- diz a mensagem.


Em novembro de 2020, o Comitê Anti-monopólio da Ucrânia (AMCU) pela terceira vez sem consideração retornou o pedido do grupo DCH (Development Construction Holding) e do investidor chinês Motor Sich PJSC Skyrizon para obter a aprovação para a concentração de uma participação de controle.


No ano passado, a Motor Sich anunciou sua intenção de vender metade das ações da empresa aos chineses, mas as autoridades ucranianas exigiram a suspensão do negócio e o congelamento das contas da empresa. Os Estados Unidos também expressaram insatisfação com o negócio. Aparentemente, tudo aconteceu com o apoio dos americano.


De fato, o controle acionário da Motor Sich já pertence à China, mas as autoridades ucranianas se apoderaram dela, impedindo os chineses de concentrar toda a participação em sua mão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here