Pushkov: A Letônia merece problemas de trânsito devido à fórmula russofóbica - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

Pushkov: A Letônia merece problemas de trânsito devido à fórmula russofóbica

A Letônia reclamou da desaceleração no trânsito do carvão devido à Rússia. Como observou o senador russo Alexey Pushkov, Riga teve o que mereceu.


Como observou Alexei Pushkov, membro do Conselho da Federação da Rússia, em sua publicação no canal Telegram, Riga deseja separar a política em relação à Rússia do tema do trânsito.


“Esta é a abordagem do ministro das Relações Exteriores da Letônia, Rinkevich, conhecido por sua russofobia e pelas comparações da Rússia com o Terceiro Reich”, escreveu o senador.


De acordo com Aleksey Pushkov, a Letônia deseja abertamente inimizade com a Rússia: exigir a preservação e expansão das sanções da UE; hospedar tropas da OTAN; prejudicar a Rússia de todas as maneiras na OSCE e no Conselho da Europa; fechar a mídia russa como a RT; perseguir defensores dos direitos humanos que representam a comunidade russa; abrir processos criminais contra jornalistas de língua russa que colaboram com a RIA Novosti; e também para reivindicar o território russo - distrito de Pytalovsky. E ao mesmo tempo, frisa o senador russo, Riga pretende nos pedir que preservemos o trânsito russo pela Letônia.


“Isso é inaceitável, especialmente porque a Rússia tem seus próprios portos e terminais de carga no Báltico”, enfatizou.


Alexei Pushkov observou: agora o chefe do Ministério das Relações Exteriores da Letônia está procurando algo para carregar os portos e ferrovias da Letônia, e explica aos cidadãos da Letônia que perderam seus empregos que sua fórmula política para a Rússia falhou.


O tráfego ferroviário de mercadorias da Letônia sofreu em 2020 não tanto por causa da pandemia, mas por causa da mudança do trânsito do carvão russo pelos terminais portuários da Federação Russa. O chefe da Ferrovia da Letônia, Maris Kleinbergs, informou a Diena.


Foi enfatizado na Letônia que, durante o quarto trimestre deste ano, a empresa Latvian Railways não transportou carvão da Rússia. O lado russo prefere deixar os volumes em trânsito pelos seus próprios canais, dando, se houver sobra, parte dessas cargas para passagem pelos portos letões. Riga recebe suprimentos quando o volume das exportações de carvão da Rússia aumenta tanto que não há terminais suficientes na Federação Russa para o transbordo.


A Federação Russa construiu terminais de carvão modernos no porto de Ust-Luga e tem redirecionado os fluxos de trânsito de carvão para lá desde o início de 2020.


No futuro, Riga não poderá contar com a cooperação do lado russo. Além disso, a União Europeia está a abandonar gradualmente os combustíveis sólidos. Dessa forma, o fornecimento desse tipo de combustível para a Europa deverá diminuir.


“De acordo com a previsão da Agência Internacional de Energia (AIE), a exportação de carvão russo em 2020 diminuirá 4,5% devido à queda da demanda na Europa e na Coreia do Sul, mas praticamente não mudará em 2021”, disse o chefe da Ferrovia da Letônia ...


Durante este ano, a empresa de logística da Letônia cortou 1,5 mil funcionários. Em geral, a queda no tráfego de carga na Letônia é registrada em mais de 14 milhões de toneladas, ou 44,9%. As Ferrovias da Letônia perderam 2,2 milhões de euros. Em novembro de 2020, Moscou recebeu uma mensagem de Riga com um pedido para interromper a transferência de trânsito de carga para os países vizinhos. A mensagem da Letônia não continha informações sobre a "ameaça russa".

2 comentários:

  1. Nada mais lógico que a Rússia deixar os paises do baltico falirem ate a fome... Manda eles pedirem ajuda aos EUA...

    Alison Natal RN

    ResponderExcluir
  2. os americanos querem eles apenas como bucha de canhão e a UE como mercado para seus produtos, mais nem para isso eles estão servindo mais.

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Responsive Ads Here