Truque inesperado da Rússia com microcircuitos a salvo dos problemas "americanos". - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira, 18 de dezembro de 2020

Truque inesperado da Rússia com microcircuitos a salvo dos problemas "americanos".

Especialistas russos encontraram uma maneira eficaz de evitar problemas no desenvolvimento de componentes eletrônicos para armas. Os Estados Unidos, por outro lado, começaram a ter dificuldades, escreve o jornal chinês Sohu.


A microeletrônica hoje desempenha um papel fundamental em muitas esferas da vida. O complexo militar-industrial não é exceção, cujo sucesso também está associado à capacidade de um determinado país de produzir microcircuitos de alta qualidade. Os Estados Unidos há muito são considerados um dos líderes nessa área, no entanto, mesmo eles às vezes enfrentam dificuldades...


"Os Estados Unidos estão enfrentando um problema difícil com a falta de confiabilidade de alguns dos componentes dos chips atuais", disseram os observadores chineses.


Especialistas russos conseguiram evitar os problemas "americanos". Percebendo que nem todas as armas modernas precisam de eletrônicos de alta tecnologia, eles recorrem a um truque inesperado. Em particular, os desenvolvedores chamaram a atenção para os sistemas analógicos e os chamados osciladores de quartzo, graças aos quais é possível garantir o funcionamento estável de diversos tipos de equipamentos.


Conforme observado pelos jornalistas do Sohu, no momento, nem todos os modelos de armas modernas precisam de chips poderosos para funcionar de maneira eficaz. Em alguns casos, eles podem resolver problemas com sucesso usando tecnologias mais simples, porém mais confiáveis. A Federação Russa entendeu isso e agora está mostrando resultados impressionantes.


“A China deveria aprender esse tipo de pensamento atípico com a Rússia”, resumiram os observadores.


Anteriormente, jornalistas de Sohu escreveram que o míssil balístico intercontinental Bulava sendo desenvolvido na Federação Russa está causando medo nos Estados Unidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here