Argentina interessada em comprar caças Su-30 e MiG-29. - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

Argentina interessada em comprar caças Su-30 e MiG-29.

Na Argentina, as negociações para a compra de caças russos foram retomadas. Isso é relatado pela filial argentina da edição de língua espanhola InfoDefensa.


O comandante da Força Aérea Argentina, general de brigadeiro Xavier Isaac, se reuniu em 19 de janeiro com o embaixador russo Dmitry Feoktistov para discutir as perspectivas de cooperação técnico-militar. Segundo a InfoDefensa, o encontro levantou a questão de retomar as negociações para a aquisição de caças russos.


Como você sabe, a Argentina já enviou um pedido de compra de vários caças da Rússia. Porém, em outubro de 2019, Buenos Aires adiou a compra devido à corrida presidencial. Durante a presidência de Mauricio Macri, a Força Aérea Argentina planejava armar-se com 15 caças MiG-29, além de um lote de 12 unidades do Su-30, também foi relatado o interesse pela aeronave de treinamento Yak-130 e Helicópteros de transporte militar Mi-171Sh.


As negociações atuais têm muito mais chances de sucesso, dizem os observadores. Em primeiro lugar, o atual presidente, Alberto Fernandez, segundo a publicação Airway, mantém relações amistosas com o presidente russo, Vladimir Putin, e também é aliado de países latino-americanos que utilizam aeronaves russas em sua aviação (por exemplo, a Venezuela).


Em segundo lugar, a Argentina precisa urgentemente atualizar sua frota. Várias aeronaves foram desativadas recentemente, como o Mirage III. Buenos Aires planejava comprar caças leves FA-50 da Coreia do Sul, mas o governo do Reino Unido proibiu o negócio porque envolvia componentes produzidos por aquele país.


Além disso, desenvolveu-se na região uma situação extremamente desfavorável para a Argentina, que atualmente não pode contar com um número significativo de caças. Enquanto seus potenciais adversários na América do Sul, em particular o Brasil, se prepara para receber 36 caças Saab Gripen E. Assim, a Rússia tem todas as chances de vender seu equipamento, desde que ele esteja no lugar certo na hora certa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here