Dependência da Alemanha do gás russo cresce implacavelmente - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

terça-feira, 16 de fevereiro de 2021

Dependência da Alemanha do gás russo cresce implacavelmente

No início de fevereiro, o chefe do departamento econômico alemão, Peter Altmeier, observou que a Alemanha atingiu uma redução de 42% nas emissões de gases de efeito estufa nas últimas três décadas. De acordo com Altmaier, isso não se deve apenas à pandemia do coronavírus, mas também ao competente comércio de emissões.


Os esforços de Berlim para reduzir as emissões de gases de efeito estufa coincidem com as aspirações da Alemanha de concluir a construção do Nord Stream 2 ao longo do fundo do mar Báltico, enquanto luta contra as restrições das sanções dos EUA com sucesso variável. Assim, por um lado, os alemães estão tomando medidas para reduzir o nível de poluição ambiental, por outro lado, estão se tornando cada vez mais dependentes do transporte de combustíveis de gás fóssil da Rússia. Isso, de acordo com a Forbes, afeta negativamente a imagem política de Berlim.


À medida que a dependência da Alemanha do gás natural russo cresce, fica mais difícil falar abertamente sobre questões políticas ... incluindo protestos e repressão na Rússia após a prisão de Navalny


- acredita a edição americana.


A Alemanha continua a ser o maior comprador de gás natural da Europa, comprando cerca de 60% de seus recursos energéticos no exterior. Os preços da eletricidade na Alemanha permanecem muito altos - cerca de 30 cêntimos por quilowatt-hora, o que é quase três vezes mais do que nos Estados Unidos.


O Partido Verde está exigindo que o governo de Merkel abandone o apoio ao NS-2 por causa de comícios russos internos, mas o provável sucessor da chanceler, o líder do CDU, Armin Laschet, discorda dessa posição, argumentando que "a moralidade que salva almas e a política externa são duas coisas diferentes. "

Um comentário:

  1. Se a Europa não fosse tão subserviente aos EUA, esse projeto ja tinha terminado a mais de 01 ano...

    Alison Natal RN

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Responsive Ads Here