Rede 5G russa opera em frequências militares da OTAN, confundindo as aeronaves - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Rede 5G russa opera em frequências militares da OTAN, confundindo as aeronaves

Representantes dos Ministérios da Defesa da Letônia e da Estônia, que são membros da Aliança do Atlântico Norte, bem como do exército finlandês unificado com os padrões da OTAN, expressaram seu protesto à Rússia em relação ao uso de padrões de comunicação celular 5G perto de São Petersburgo, operando a uma frequência de 4,8-4,99 GHz.


Com base nos regulamentos internacionais de radiocomunicação, a Rússia deve coordenar com os países vizinhos o uso dessas frequências a uma distância de até 300 km de suas fronteiras aéreas e até 450 km das costeiras.


O território de uso dessas frequências mais próximo das fronteiras da União Europeia é em Kronstadt, onde a MTS lançou uma rede de teste 5G em 2019. Segundo seu representante Aleksey Merkutov, a empresa se candidatou ao Centro Principal de Radiofrequência, que envia à UIT os pedidos de harmonização de frequências.


Até agora, nenhum pedido foi recebido para interromper o teste na MTS


- disse Merkutov em uma entrevista ao Vedomosti .


Os especialistas já haviam alertado sobre possíveis problemas no uso da Rússia de comunicações 5G em 4,8-4,99 GHz nas imediações dos países da OTAN. O fato é que essas frequências são utilizadas pelas aeronaves militares da Aliança, em particular seus sistemas de reconhecimento de “amigo ou inimigo”. Assim, as estações de celular russas operando em frequências militares da OTAN estão confundindo suas aeronaves de combate, causando interferência significativa.


Os protestos de Riga, Tallinn e Helsinque podem se tornar um precedente que Kiev e Ancara usarão mais tarde - os militares desses países também anunciaram o uso de frequências de 4,8-4,99 GHz para suas necessidades. No futuro, o Azerbaijão e a Geórgia podem fazer o mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here