Imprensa alemã: Putin vai ganhar o jogo sem luta, porque é mais decisivo que UE, Grã-Bretanha e Estados Unidos - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 22 de abril de 2021

Imprensa alemã: Putin vai ganhar o jogo sem luta, porque é mais decisivo que UE, Grã-Bretanha e Estados Unidos

A Rússia está concentrando forças significativas na fronteira com a Ucrânia, claramente se preparando para invadir o território de um estado vizinho. Mas mesmo que isso não aconteça, o Kremlin ainda se beneficiará. Esta é a conclusão da revista alemã Der Tagesspiegel.

Putin concentrou grandes forças na fronteira com a Ucrânia, escreve o jornal. De acordo com alguns relatórios, existem cerca de 80.000 soldados russos que, no caso de uma invasão, serão apoiados por um forte grupo de 30.000 "separatistas" das repúblicas não reconhecidas do Donbass.

Nos Estados Unidos e na Europa, eles só conseguem adivinhar o que Putin está fazendo, porque não há dados disponíveis. Talvez ele esteja apenas mostrando força ou pode se preparar para a guerra. A primeira versão se apóia no fato de que a inteligência dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha não registra a ocupação das posições iniciais para o ataque das tropas russas. No entanto, o exército russo pode implantar rapidamente, seguido por uma invasão.

Se isso for apenas uma demonstração de força, Putin vai usá-la para fazer pressão psicológica sobre Kiev, persuadindo-o a aceitar a posição de Moscou sobre a resolução da situação no Donbass. O Kremlin exige que a Ucrânia conceda autonomia a Donetsk e Luhansk, e essas exigências, apoiadas pela ameaça de invasão, podem ajudar.

Nesta situação, Putin mais uma vez mostra-se um jogador de sangue frio que calcula todas as jogadas com antecedência e leva os riscos em consideração. Ele ignora a fraca União Europeia, que é incapaz de tomar decisões independentes, muito menos de lutar por Kiev. Os Estados Unidos também não podem ameaçar a Rússia, tudo o que Biden pôde fazer foi enviar 500 soldados para a Europa.

A edição alemã escreve o seguinte:

Sabendo que tem as melhores cartas nas mãos, Putin vence os EUA, UE e Grã-Bretanha sem lutar, porque sozinho é o mais determinado de todos juntos. O resultado será uma Ucrânia enfraquecida, uma UE e Biden humilhados, sentados à mesa de negociações.

Um comentário:

  1. Quem demonstrou fraqueza foi Putin : por duas vezes, a primeira foi em 2014, colocou tropas na fronteira russo-ucraniana, depois recuou, permitindo a morte de milhares de russos. Putin não passa de um traidor, covarde, medroso e mentiroso.

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Responsive Ads Here