Sohu: os alemães entendem melhor do que os americanos que você não pode brincar com o "fogo russo" - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

quinta-feira, 13 de maio de 2021

Sohu: os alemães entendem melhor do que os americanos que você não pode brincar com o "fogo russo"

Os alemães entendem melhor do que os americanos que não há necessidade de entrar em conflito com os russos. Isso é afirmado na publicação da edição chinesa Sohu.


Os observadores chineses consideram notáveis ​​as declarações da mídia alemã de que a Rússia é capaz de manter seu status de superpotência com a ajuda de duas armas únicas. Esta é uma publicação recente de um especialista da Alemanha, Thomas Jaeger, para a revista Focus.


O observador alemão enfatizou que o drone subaquático de propulsão nuclear Poseidon e o míssil hipersônico Zircon permitiriam à Rússia garantir a segurança da soberania nacional e manter seu status de superpotência. E os especialistas da Sohu compartilham totalmente de sua opinião.


Segundo eles, "Poseidon" é uma arma, graças à qual a Rússia pode desferir um ataque nuclear das profundezas do oceano e causar um tsunami radioativo na costa do inimigo. 


“Outra vantagem inegável deste torpedo nuclear não tripulado é seu nível de ruído extremamente baixo. Ou seja, ele pode viajar 10.000 quilômetros sem ser percebido pelos radares do inimigo ”, diz a publicação.


Já o Zircon, este míssil hipersônico, dizem os especialistas, é impressionante em sua velocidade, que, de acordo com o Ministério da Defesa da Rússia, pode ultrapassar Mach 8. O míssil não é uma arma estratégica, mas as consequências de seu uso podem ser catastróficas, por exemplo, para a Marinha dos Estados Unidos. Os observadores chineses estão confiantes de que o Zircon destruirá qualquer porta-aviões americano, já que os sistemas de defesa antimísseis são incapazes de interceptar o míssil.


Apesar das duas armas formidáveis ​​e perigosas da Rússia, Washington continua a seguir uma política bastante agressiva contra Moscou. Especialistas em Sohu estão surpresos. Os observadores chineses citam a Alemanha aos Estados Unidos da América, onde analistas militares percebem o quão perigosos esses complexos são. Segundo os jornalistas da china, os alemães entendem melhor do que os americanos que não podem brincar com o "fogo russo", pois tal pressão beligerante pode resultar em retaliações, aliás, muito graves.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here