Os testes de vôo da terceira aeronave anfíbia Be-200PS para o Ministério da Defesa começaram em Taganrog - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira, 18 de junho de 2021

Os testes de vôo da terceira aeronave anfíbia Be-200PS para o Ministério da Defesa começaram em Taganrog

Em Taganrog, começaram os testes de voo da próxima aeronave anfíbia Be-200, construída para o Ministério da Defesa. O primeiro vôo ocorreu em 16 de junho no campo de aviação da fábrica TANTK im. Beriev.


De acordo com o blog bmpd, esta aeronave é a terceira construída para a aviação naval do Ministério da Defesa sob um contrato de 2018. Diferentemente da primeira, executada na versão BE-200ES (busca e salvamento com função de extinção de incêndio), a segunda e a terceira aeronaves são feitas na versão Be-200PS (busca e salvamento sem função de extinção de incêndio).


O primeiro Be-200ES, que recebeu o nome próprio "Alexander Mamkin", foi transferido em 14 de julho de 2020 para o 190º regimento de aviação de treinamento misto com base no 859º Centro de Treinamento de Combate e Retreinamento de Pessoal de Voo da Aviação Naval da Marinha russa em Yeisk. O segundo Be-200PS construído no início deste ano foi formalmente entregue aos militares, mas continua na Companhia de Aeronaves Beriev.


O terceiro Be-200PS iniciou os testes de vôo, enquanto não há informações sobre planos futuros para esta aeronave.


O primeiro contrato de fornecimento do Ministério da Defesa com seis aeronaves anfíbias Be-200 - duas Be-200ES e quatro Be-200PS modificadas (sem função de extinção de incêndio) - foi assinado em 2013. Em 2017, o contrato foi rescindido devido à incapacidade da Beriev de construir as aeronaves. Em 2018, o contrato foi renovado com a encomenda de apenas três Be-200ES.


Inicialmente, estava previsto que o Ministério da Defesa recebesse as três aeronaves até o final de 2020, mas apenas a primeira foi entregue. Enquanto isso, em dezembro do ano passado, o Ministério da Defesa encomendou mais duas aeronaves anfíbias Be-200ES para entrega até o final de 2022.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here