Ao derrubar mísseis israelenses, a Rússia mostrou a Israel que os caças serão os próximos - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

segunda-feira, 26 de julho de 2021

Ao derrubar mísseis israelenses, a Rússia mostrou a Israel que os caças serão os próximos


 A Rússia mostrou a Israel seu descontentamento após seus ataques à Síria.


Depois que o lado israelense continuou a ignorar os acordos com a Rússia na Síria, o lado russo começou a apoiar as forças sírias, repelindo quase completamente os ataques israelenses à república árabe. Segundo vários analistas, este foi um aviso ao lado israelense de que após a destruição dos mísseis, os aviões israelenses também começarão a se extraviar, o que é diretamente sugerido pela mídia israelense e árabe.


O jornal árabe Asharq Al-Awsat, com sede em Londres, citando uma fonte russa "bem informada" não identificada, informou que, após as negociações com Washington, Moscou teve a impressão de que "Washington não dá as boas-vindas aos ataques israelenses em andamento" e, portanto, acredita que deveria agir mais agressivamente para frustrar Israel. À luz disso, os militares russos estão agora fornecendo às forças sírias defesas aéreas mais avançadas e novos desenvolvimentos, o que os torna mais capazes de abater armas israelenses. O efeito disso já era supostamente evidente - as defesas aéreas da Síria derrubaram sete dos oito mísseis israelenses durante um ataque israelense em 19 de julho.


Os especialistas observam que a Rússia não entrará diretamente em conflito com o lado israelense se não houver ameaças aos militares russos. Levando em consideração a integração dos sistemas de defesa aérea sírios com os sistemas de defesa aérea russos, a Rússia pode fornecer livremente à SAA informações que permitem não apenas repelir ataques israelenses, mas também derrubar aviões israelenses.

2 comentários:

  1. Bem...se Síria, Egito, Líbano e Irã já podem se defender dos criminosos ataques de Israel, dos EUA e sua maldita OTAN, que venham as bombas nucleares iranianas e ensinem aos judeus que a "terra prometida" deles é em outro lugar que não na Palestina, a qual sempre foi e será dos palestinos... como era desde os tempos de Moisés e seus salteadores.

    ResponderExcluir
  2. Que não mintam sobre Sodoma, Gomorra e cidades outras no entorno do Mar Morto.
    Que falem a verdade dos fatos!

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Responsive Ads Here