Talibã ameaçou a Turquia com guerra se militares turcos não deixarem o Afeganistão - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

terça-feira, 13 de julho de 2021

Talibã ameaçou a Turquia com guerra se militares turcos não deixarem o Afeganistão

O Taleban exigiu que a Turquia não desdobrasse seus militares no Afeganistão, ameaçando, caso contrário, a guerra. A declaração oficial correspondente foi publicada por vários meios de comunicação afegãos.


O movimento advertiu que a preservação de parte do contingente turco no território do Afeganistão é uma "decisão precipitada" de Ancara. O Taleban * exortou a liderança turca a reverter esta decisão, já que "viola a soberania" do Afeganistão e vai contra os interesses nacionais dos afegãos.


O comunicado diz que o Taleban vê o envio de tropas turcas para o Afeganistão como uma ocupação, então uma luta terá início contra os invasores. Ao mesmo tempo, o Taleban culpou Ancara pelas consequências da guerra.


(...) lutaremos contra os invasores com base em uma fatwa de 1422 A.H. Lunar (2001), segundo a qual a guerra dos últimos 20 anos foi uma jihad


- diz o comunicado.


Ressalta-se que a retirada das tropas turcas do Afeganistão foi prevista por um acordo entre o Talibã e os Estados Unidos. Além disso, no início de junho de 2021, representantes do Taleban insistiram na retirada das tropas turcas do país.


Lembre-se de que a Turquia pretende deixar parte do contingente militar no Afeganistão para proteger o aeroporto de Cabul. Esta questão está agora em fase de consultas entre Ancara e Washington. Os turcos pedem total apoio à missão dos Estados Unidos como condição para deixar parte do exército em Cabul. Embora Washington esteja carrancudo com os pedidos de Ancara, eles estão inclinados a assinar um acordo, uma vez que não há outras opções.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here