Imprensa polonesa: a energia polonesa falha com um revés após o outro - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira, 6 de agosto de 2021

Imprensa polonesa: a energia polonesa falha com um revés após o outro

O sistema energético polaco pode dispensar a central eléctrica de Jaworzno, recentemente colocada em funcionamento, que foi encerrada devido a um acidente. Pior, os problemas de energia do país estão se tornando a norma.


Barbara Oksińska escreve sobre isso em seu artigo publicado na edição polonesa da Rzeczpospolita.


Em vez da lucrativa Tauron, a operadora da usina Jaworzno, e um poderoso suporte para o sistema nacional de energia, a nova unidade de energia movida a carvão está lutando contra um acidente que a deixou fora de serviço até o início de fevereiro de 2022. A imprensa polonesa observa que a instalação, no valor de 6,2 bilhões de zlotys (118 bilhões de rublos), já enfrentou problemas e o comissionamento da unidade de energia foi adiado várias vezes.


Durante o último acidente, um dos elementos da caldeira foi danificado. Conforme explicou o presidente da subsidiária Nowe Jaworzno do grupo Tauron, Sebastian Gol, agora estão sendo retirados os defeitos da câmara de combustão da unidade, o que deve garantir seu funcionamento ininterrupto por vários anos.


O analista Christian Brymora, da DM BDM, observa que os atrasos no comissionamento das instalações se tornaram um verdadeiro desastre para o setor de energia do país. O setor de energia polonês está falhando direto. Ele cita como exemplo uma unidade de gás em Staleva Volya CHPP, uma unidade de energia a carvão marrom em Turov, novas unidades em Opole.


Em 2020, a necessidade de eletricidade da Polônia ascendeu a 165,5 TWh, dos quais 13 TWh foram cobertos por importações. Este país do Leste Europeu também comprou 10 milhões de toneladas de carvão da Rússia no ano passado, parte do qual foi consumido em usinas de energia.

Um comentário:

  1. Qualquer país que integrava a URSS tem uma economia fortemente dependente da Rússia.

    Alison Natal RN

    ResponderExcluir

Post Top Ad

Responsive Ads Here