Presidente da Bielorrússia: Pela primeira vez em décadas, estamos à beira de um conflito que pode arrastar todo o continente - Noticia Final

Ultimas Notícias

Acompanhe o Noticia final nas Redes Sociais

test banner

Post Top Ad

Responsive Ads Here

Post Top Ad

Responsive Ads Here

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

Presidente da Bielorrússia: Pela primeira vez em décadas, estamos à beira de um conflito que pode arrastar todo o continente

As negociações entre os presidentes da Rússia e da Bielorrússia ocorreram em Moscou. Um dos tópicos abordados durante a conversa entre Vladimir Putin e Alexander Lukashenko foi a situação na Ucrânia, a escalada no Donbass.


Alexander Lukashenko disse que a situação no Donbass é tal que a evacuação da população já começou a partir daí. Estamos falando de idosos, mulheres e crianças. Algum tempo atrás, os chefes do DPR e do LPR fizeram declarações sobre a evacuação centralizada em massa das repúblicas do Donbass.

Denis Pushilin líder da DPR(líder da República de Donetsk)


Leonid Pasechnik líder da Republica Popular de Lugansk


Presidente da Bielorrússia:


Pela primeira vez em décadas, estamos à beira de um conflito que pode arrastar todo o continente.


Segundo o presidente da Bielorrússia, as repúblicas fraternas estão fazendo o possível para "separá-las, semear inimizade entre elas". Mas, como acrescentou Alexander Lukashenko, nada virá disso.


Lukashenka acrescentou que nem russos nem bielorrussos precisam de guerra hoje. No entanto, existem forças que agravam a situação, usam a Ucrânia como uma espécie de aríete, como antípoda do Estado da União da Federação Russa e da República da Bielorrússia.


De acordo com o presidente bielorrusso, os líderes ocidentais hoje são “distinguidos por sua estupidez”, não entendendo a que tais ações de confronto podem levar.


O presidente da Bielorrússia acrescentou que, a julgar pelo comportamento de vários políticos e funcionários ocidentais - pessoas do "mundo livre" - eles se tornam perigosos não apenas para os outros, mas também para seus próprios povos.


Mais cedo, o presidente bielorrusso afirmou que a Bielorrússia não ficaria de lado se a Ucrânia tentasse resolver o conflito no Donbas pela força.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad

Responsive Ads Here